Home Futebol Casagrande aponta técnico “diferenciado” no futebol brasileiro

Casagrande aponta técnico “diferenciado” no futebol brasileiro

Ex-jogador destacou a capacidade do comandante técnico em recuperar jogadores desacreditados e em má fase no Brasil

Cido Vieira
Jornalista graduado no Centro Universitário Uninter. Trabalho no Torcedores.com desde 2017, desempenhando a função de redator. Sou setorista do futebol pernambucano em rádios locais e um verdadeiro apaixonado pelo esporte bretão.
Casagrande, ex-jogador

Casagrande no comando do podcast "Casão PodTudo" (Reprodução - YouTube)

O comentarista Walter Casagrande teceu elogios ao técnico Renato Gaúcho, após a classificação do Grêmio para a grande final do Campeonato Gaúcho. Em texto publicado na coluna do UOL Esporte, ele chamou atenção para o resgate que o treinador fez com Diego Costa, atleta que tem brilhado neste início de trajetória com a camisa do Imortal.

PUBLICIDADE

Em quatro jogos realizados, o atacante do Tricolor dos Pampas computa cinco tentos convertidos, sendo peça importante na reta decisiva do estadual. Para Casagrande, Portaluppi se coloca como diferenciado por conseguir reabilitar jogadores que já não ostentavam grandes momentos, e extrair o melhor destes.

“Mas quero entrar na capacidade do Renato de acreditar em jogadores já mais velhos e muitos já desacreditados no futebol, ou com rejeição dos grandes clubes, e tirar deles o seu máximo do momento”, iniciou Casagrande, elencando nomes na sequência.

PUBLICIDADE

“Ele já conseguiu isso com Léo Moura, Cortês, Jael, Cícero, entre outros, e agora está fazendo o mesmo com o Diego Costa, que é um jogador de Copa do Mundo e passagens por grandes equipes europeias, como Chelsea e Atlético de Madrid. Achei ótima essa aposta de Renato, que confia e acredita muito na habilidade de lidar com jogadores problemáticos, mas bons de bola”, complementou o ex-jogador.

Casagrande vê Diego como boa alternativa

Ainda no texto, Casagrande abordou a fase vivenciada por Diego Costa neste início de campanha com o Grêmio, e enfatizou que o experiente jogador de 35 anos agregou muito na parte ofensiva do time, trazendo uma agressividade maior, mas pediu calma com a euforia do torcedor, destacando que pelo histórico do atleta, tudo pode se esperar.

Garantido na final do Gauchão, o Grêmio inicia a decisão contra o Juventude no próximo sábado (30), no Alfredo Jaconi. O jogo da volta está marcado para o dia 6 de abril, desta feita em Porto Alegre.