Home Futebol Casagrande critica ausência de dois jogadores na convocação da seleção brasileira 

Casagrande critica ausência de dois jogadores na convocação da seleção brasileira 

Dorival Júnior, novo treinador da seleção brasileira, anuncia primeira lista de convocados com 26 jogadores; sete atuam no Brasil

Marcel Rauen
Jornalista esportivo formado na Universidade Estadual de Londrina (UEL). Fã e praticante de esportes em geral, mas principalmente do futebol. No Torcedores desde 2015, escrevo basicamente sobre o dia a dia dos clubes brasileiros e sobre a mídia esportiva
dorival júnior primeira convocação seleção brasileira

O técnico da seleção brasileira Dorival Júnior durante convocação na CBF (Staff images / CBF)

O técnico Dorival Júnior anunciou nesta sexta-feira (1º) sua primeira lista de convocados para amistosos contra Inglaterra e Espanha, nos próximos dias 23 e 26, mas algumas ausências chamaram a atenção. Para o ex-jogador Casagrande, dois nomes em especial deveriam ter sido chamados.

PUBLICIDADE

De acordo com Casão, o zagueiro Murillo, ex-Corinthians e atualmente no Nottingham Forest-ING, e o atacante Vitor Roque, do Barcelona, são duas ausências sentidas nesta primeira convocação sa seleção brasileira sob o comando de Dorival.

Senti falta de Vitor Roque no lugar de Richarlison, apesar de entender sua convocação. Acho que o atacante do Barcelona é mais jogador que o atleta do Tottenham. Acho que Murillo, jovem zagueiro do Nottingham Forest, também deveria ter sido chamado por fazer mais de uma função. É um atleta sério, forte, canhoto, que bate muito bem na bola, além de ser jovem e com potencial futuro“, analisou Casagrande em sua coluna no UOL Esporte.

PUBLICIDADE

No mais, Casagrande revelou que gostou dos nomes chamados e elogiou Dorival Júnior pelas explicações sinceras que deu sobre os jogadores chamados e sobre o futuro da seleção brasileira.

“É um começo que me dá esperança: nas próximas convocações outras novidades devem surgir e, até a Copa de 2026, teremos uma nova seleção, com jogadores comprometidos, focados, com mais identificação com o povo e o torcedor brasileiro, e que entendam o tamanho da importância de vestir a camisa amarelinha pentacampeã do mundo”, escreveu o comentarista.

Casagrande prevê dificuldades para seleção brasileira em amistosos

A seleção brasileira terá duas pedreiras nos amistosos programados para a próxima Data Fifa em março.

Os comandados de Dorival Júnior terão pela frente a Inglaterra, no dia 23, em Wembley, em Londres, e o adversário seguinte será a Espanha, no dia 26, no Santiago Bernabéu, em Madri.

PUBLICIDADE

Na análise de Casagrande, serão dois oponentes muito complicados para a seleção brasileira que ainda está em formação.

“A seleção terá dois jogos dificílimos pela frente contra Espanha e Inglaterra. Duas equipes mais prontas, com mais talentos e com estilos de jogo bem definidos, mas com variações táticas”, analisou Casão.

Confira abaixo a lista dos 26 convocados por Dorival Júnior

Goleiros:
Ederson (Manchester City)
Bento (Athletico)
Rafael (São Paulo)

Laterais:
Danilo (Juventus)
Yan Couto (Girona)
Ayrton Lucas (Flamengo)
Wendell (Porto)

PUBLICIDADE

Zagueiros:
Beraldo (PSG)
Gabriel Magalhães (Arsenal)
Marquinhos (PSG)
Murilo (Palmeiras)

Meias:
Andreas Pereira (Fulham)
André (Fluminense)
Bruno Guimarães (Newcastle)
Casemiro (Manchester United)
Douglas Luiz (Aston Villa)
João Gomes (Wolverhampton)
Lucas Paquetá (West Ham)
Pablo Maia (São Paulo)

Atacantes:
Gabriel Martinelli (Arsenal)
Endrick (Palmeiras)
Raphinha (Barcelona)
Richarlison (Tottenham)
Rodrygo (Real Madrid)
Savinho (Girona)
Vinícius Júnior (Real Madrid)