Home Futebol Destaque no futebol brasileiro, Elias se aposentou e hoje atua na várzea

Destaque no futebol brasileiro, Elias se aposentou e hoje atua na várzea

Ex-volante de Corinthians, Flamengo e seleção brasileira voltou ao futebol amador após encerrar a carreira no futebol profissional

Rafael Alaby
Rafael Alaby é jornalista diplomado pela FIAM (Faculdades Integradas Alcântara Machado), com passagens pela Chefia de Reportagem de Esportes, da TV Bandeirantes, em São Paulo e site KiGOL. Pós-graduado em Jornalismo Esportivo e Negócios do Esporte (FMU)
Elias, ex-Corinthians e Flamengo, se aposentou do futebol profissional e joga na várzea

Montagem feita pelo Torcedores,com com imagem IMAGO / Gribaudi/ImagePhoto

Elias é um dos tantos boleiros que tiveram grande destaque no futebol profissional e até hoje possuem forte ligação com a várzea. Aposentado dos gramados desde 2020, o ex-volante do Corinthians, Flamengo e seleção brasileira, hoje com 38 anos, defende o Grêmio Vila Maria, time amador da zona norte de São Paulo.

PUBLICIDADE

O Grêmio Vila Maria, que também conta com o Bruno Cézar, ex-meia de Palmeiras e Corinthians, estreará neste sábado (02), às 13h30, na Copa Nove de Julho, em São Paulo, contra o Reinado Futebol Clube, time recém-criado por Falcão, ídolo do futsal brasileiro. O jogo acontecerá no CDC Magnólia, no bairro da Vila Maria.

A ligação de Elias com a base é antiga. No início da carreira profissional, o meio-campista chegou a atuar no futebol amador em 2006 após passagem malsucedida pelo Náutico-PE. Um ano antes, ele foi dispensado das categorias de base do Palmeiras. Na época, atuava como atacante.

PUBLICIDADE

O paulistano chegou a pensar em largar a carreira profissional, mas ainda alimentava o sonho em vingar no futebol. Elias recebia R$ 150 por partida disputada no time do Leões da Geolândia.

“Fiquei um ano sem arrumar clube. Tive opção de jogar na várzea para manter a forma e ganhar um trocado. A gente ía para a concentração na padaria, esperando o comboio de carro sair, às vezes pegava ônibus”, disse Elias, em entrevista ao jornal Extra, em setembro de 2013, quando defendia o Flamengo.

Elias, enfim, se firma no futebol profissional

Em 2007, Elias recebeu convite para voltar ao futebol profissional, defendendo as cores do São Bento, na época treinado pelo ídolo corintiano Freddy Rincón. No mesmo ano, jogou no tradicional Juventus da Mooca, até chegar na Ponte Preta em 2008 e chamar a atenção do Corinthians.

O volante foi contratado pelo Timão no ano da disputa da Série B do Brasileirão e rapidamente se encaixou no time até então comandado por Mano Menezes, caindo nas graças da torcida com sua capacidade na marcação e subidas ao ataque. O bom futebol lhe rendeu as primeiras convocações à seleção brasileira. Foram 35 jogos disputados considerando amistosos, Copa América e compromissos pelas Eliminatórias para a Copa do Mundo.

PUBLICIDADE

Em 2011, deixou o Timão para a sua primeira experiência internacional, defendendo o Atlético de Madrid. Sem sucesso na Espanha, rumou para Portugal, onde atuou pelo Sporting. Em 2013, o time lusitano o emprestou ao Flamengo, onde ficou apenas por uma temporada.

No ano seguinte, Elias retornou ao Corinthians, reeditando os bons momentos da primeira passagem. Em 2016, o jogador voltou ao Sporting para uma passagem relâmpago e logo retornou ao Brasil, desta vez para defender o Atlético-MG e o Bahia, clube por onde encerrou a carreira em 2020.

Em 2022, Elias se tornou Chief Scouting da Holding de Ronaldo que controla o Cruzeiro e o Valladolid. Ambos atuaram juntos no Corinthians.

18+ | Jogue com responsabilidade | Aplicam-se os Termos e Condições | Conteúdo comercial