Home Futebol Endrick aponta momento de “virada de chave” no Palmeiras

Endrick aponta momento de “virada de chave” no Palmeiras

Atacante vive um grande momento no Verdão, sendo convocado mais uma vez para defender a seleção brasileira

André Salem
Jornalista desde 2016, redator do Torcedores.com desde 2022. Apaixonado pelo futebol brasileiro, escrevo principalmente sobre o Brasileirão Série A.
Abel Ferreira e Endrick

Endrick conversando com Abel Ferreira em partida do Verdão (Cesar Greco/Palmeiras)

Um dos principais jogadores do Palmeiras atualmente é o atacante Endrick, de apenas 17 anos. O momento é tão bom que ele foi convocado para a seleção brasileira e tem grandes chances de atuar como titular.

PUBLICIDADE

Porém, no Palmeiras, o jogador já viveu momentos ruins. No ano passado, a joia ficou um tempo na reserva e pouco era utilizado. Entrava, muitas vezes, no finalzinho das partidas e pouco rendia.

Na eliminação para o Boca Juniors, na semifinal da Libertadores, muitos torcedores pediam Endrick no time, mas ele iniciou no banco e só entrou no segundo tempo. Também sem muita eficiência.

PUBLICIDADE

Na reta final da temporada, porém, Endrick teve mais oportunidades e correspondeu. Ele foi muito decisivo para o título Brasileiro, principalmente na partida contra o Botafogo.

Momento crucial para Endrick no Palmeiras

Endrick esteve no “Palmeiras Cast”, onde relembrou momentos marcantes que viveu com a camisa do Verdão. Durante o papo, o atacante relembrou essa fase ruim que viveu e disse qual foi o momento que ele conseguiu dar a volta por cima.

“Quando eu volto a jogar, contra o Santos, foi um jogo que eu joguei de ponta, chutei uma bola no travessão, joguei bem, joguei o jogo todo… foi um jogo que eu parei para pensar que tinha que jogar todos os jogos assim. Eu coloquei na cabeça que eu tinha que jogar, voltar a jogar bem. E ali eu acho que eu mudei a minha chave”.

“Eu tinha acabado de completar 17 anos, foi tudo junto ali com uma mudança drástica. A gente foi eliminado, completei 17 anos, voltei a jogar, mudei minha cabeça completamente. Então, foi um momento ideal para mim, aquele jogo contra o Santos. Depois disso, teve o jogo contra o Botafogo, teve a minha convocação para a seleção principal. Mudou muitas coisas desde aquele tempo”, disse Endrick.

PUBLICIDADE

O jogo contra o Santos, que Endrick cita, foi três dias depois da eliminação na Libertadores do ano passado. Na ocasião, o Palmeiras perdeu por 2 a 1, mas o atacante voltou a ser titular e jogou os 90 minutos, coisa que ainda não havia acontecido no ano. Depois desse jogo, Endrick só não foi titular em uma partida porque estava suspenso.