Home Futebol Expulso contra a Portuguesa, Otero pode pegar gancho e ‘complicar’ o Santos

Expulso contra a Portuguesa, Otero pode pegar gancho e ‘complicar’ o Santos

Atleta venezuelano foi citado no parágrafo 1 do Artigo 2 e pose desfalcar Peixe por seis jogos

Beatriz Ojeda
Ex-atleta, formada em Letras e apaixonada por esportes desde sempre. Colaboradora do Torcedores por ser o melhor lugar para aliar as duas grandes paixões.
Otero

Otero contra a Portuguesa - Rafael Assunção/Ag. Paulistão

Após encerrar o 2023 com o rebaixamento histórico do Peixe, o Santos se reformulou e vive grande momento no Campeonato Paulista de 2024. Classificado para a semifinal do estadual contra o Red Bull Bragantino, o Alvinegro Praiano não terá Otero, que foi expulso contra a Portuguesa. Entretanto, o jogador venezolano pode pegar gancho e desfalcar o clube em caso de classificação à final.

PUBLICIDADE

Otero fora do Paulistão?

O cartão vermelho do meia venezolano pode complicar ainda mais o Santos, pois o atleta foi denunciado ao CBJD por “praticar jogada violenta” e pode, se acusado, pegar suspensão de uma a seis partidas. O julgamento será por incursão no parágrafo 1 do Artigo 254 do CBJD por “praticar uma jogada violenta”. Otero foi expulso aos 287 minutos do segundo tempo por pisão em Giovani Augusto.

Na súmula de Raphael Claus, o árbitro da partida, explicou o lance: “Expulso por atingir seu adversário de n.10, sr. Giovani Augusto Oliveira Cardoso, com as travas da chuteira no tornozelo, torcendo o mesmo e colocando em risco a integridade física de seu adversário”.

PUBLICIDADE

O Santos venceu a Portuguesa nos pênaltis e está classificado para a semifinal do Paulistão contra o Red Bull Bragantino. O time comandado por Fábio Carille entra em campo na quarta-feira (27), às 20h30 (de Brasília), na Neo Química Arena. 

O meia-atacante venezolano não poderá ser acionado por cumprir sua suspensão, mas pode ter um período ainda maior fora dos gramados. Caso seja julgado culpado pelo CBJD, a entrada pode render um afastamento de seis partidas. O julgamento do atleta será marcado para a quarta-feira, às 16h (de Brasília) e pode interferir se o Peixe se classificar para uma final do estadual.