Home Futebol Grêmio: possível “grupo da morte” na Libertadores acende o alerta na equipe

Grêmio: possível “grupo da morte” na Libertadores acende o alerta na equipe

Sorteio da fase de grupos acontecerá na noite de hoje (18), com o Tricolor Gaúcho sendo um dos cabeças-de-chave

Marco Maciel
Sou jornalista, formado pela PUCRS em 2007. Trabalhei na web rádio Voz do Futebol. Também fui redator e assessor de imprensa da ALAP (Associação Latino-Americana de Publicidade). Edito o site SAMBARIO, voltado para sambas-enredo, desde 2004. No canal do YouTube do portal (@sambariosite), entrevistamos mais de uma centena de personalidades do samba e do carnaval nos tempos da pandemia. Entrei no time do Torcedores.com em maio de 2022 e escrevo para o site NasPistas.com desde maio de 2023.
Grêmio do técnico Renato Gaúcho em 2024

Grêmio do técnico Renato Gaúcho em 2024 (Lucas Uebel/Grêmio)

Na noite desta segunda-feira (18), o Grêmio conhecerá seus adversários na fase de grupos da Libertadores. O sorteio na sede da Conmebol em Luque, no Paraguai, está previsto para começar às 20h (horário de Brasília).

PUBLICIDADE

O Imortal é um dos oito cabeças-de-chave que estará no Pote 1 do evento, ao lado de Fluminense, River Plate, Flamengo, Peñarol, LDU, São Paulo e Palmeiras. O Grêmio não poderá enfrentar o Atlético-MG, que está no Pote 2, mas tem chances de ter o Botafogo, vindo da fase preliminar no Pote 4, em sua chave.

Os torcedores do Grêmio irão secar na noite de hoje (18) adversários mais fortes. Por um lado, o Tricolor Gaúcho não terá pela frente outros cabeças-de-chave na primeira fase. Mas por outro, pode ir parar num grupo da morte da Libertadores.

PUBLICIDADE

Um adversário do Pote 2 que vem comprovando a sua força no continente nos últimos anos é o Independiente del Valle. A equipe equatoriana conquistou duas edições recentes da Copa Sul-Americana em 2019 e 2022, além de levantar a taça da Recopa Sul-Americana em 2023. Em confronto eliminatório com o Grêmio, eliminou o Imortal na fase pré-Libertadores em 2021. Outra força do Pote 2 é o Estudiantes, por sua tradição.

No Pote 3, dois times argentinos vivem bons momentos, como o Rosario Central (vencedor do returno do Campeonato Argentino) e o Talleres (atual vice-líder da competição nacional). O The Strongest tem ao seu favor o fator atitude, atuando em La Paz a mais de 3.640 metros acima do nível do mar.

Por fim, o Pote 4 com clubes oriundos da fase preliminar apresenta o Botafogo, que liderou a grande maioria das rodadas do Brasileirão Série A do ano passado. Mas também consta outros times que já conquistaram a Libertadores, como o Nacional de Montevidéu e o Colo-Colo.

Portanto, o grupo da morte que os torcedores gremistas irão torcer para que não ocorra nesta noite seria composto por Independiente del Valle, The Strongest (Rosario Central ou Talleres) e Botafogo.

PUBLICIDADE

Com o Grêmio no Pote A, veja divisão do sorteio da Libertadores

Pote 1: Fluminense, River Plate, Flamengo, Grêmio, Peñarol, LDU, São Paulo e Palmeiras

Pote 2: Atlético-MG, Independiente del Valle, Libertad, Cerro Porteño, Estudiantes, Barcelona de Guayaquil, Bolívar e Junior Barranquilla

Pote 3: San Lorenzo, The Strongest, Universitario, Deportivo Táchira, Rosario Central, Alianza Lima, Millionarios e Talleres

PUBLICIDADE

Pote 4: Nacional do Uruguai, Colo-Colo, Botafogo, Caracas, Palestino, Liverpool do Uruguai, Huachipato e Cobresal