Home Futebol Mauro Cezar critica plano de Landim para estádio do Flamengo

Mauro Cezar critica plano de Landim para estádio do Flamengo

Comentarista esportivo aponta falhas nas receitas apontadas pelo presidente Rubro-Negro para um estádio próprio

Beatriz Ojeda
Ex-atleta, formada em Letras e apaixonada por esportes desde sempre. Colaboradora do Torcedores por ser o melhor lugar para aliar as duas grandes paixões.
Rodolfo Landim

Rodolfo Landim em entrevista coletiva (Créditos: Marcelo Cortes/ Flamengo)


O Flamengo lida há várias temporadas com o problema de depender do Maracanã, além das frequentes questões com gramados, outros times como o Vasco tentando alugar o imóvel, entre outras polêmicas recentes. Portanto, o presidente Rodolfo Landim apontou uma estratégia de receitas para construir um estádio próprio, mas Mauro Cezar criticou plano.

PUBLICIDADE


Mauro Cezar vê defeitos para novo estádio do Flamengo


Durante o programa Bate Pronto da Jovem Pan Esportes, o comentarista esportivo comentou sobre o plano de receitas de Landim para a construção de um estádio para o Flamengo. Porém, na opinião de Mauro Cezar, há várias questões que são problemáticas: “Ele não quer dividir o estádio, mas ele quer compartilhar o futebol do Flamengo com algum investidor. E aí tem a discussão, você não quer dividir o estádio, mas quer vender parte do futebol do Flamengo? Ou seja, 20%? 30%?”.

Veja ordem dos jogos do Flamengo na Libertadores; time estreia na Colômbia

PUBLICIDADE


Na opinião de Mauro Cezar, a possível venda de parte do clube não é o único ponto polêmico do plano de Landim, se não o fato de querer construir um estádio para o Rubro-Negro sem mexer nas finanças do clube. Logo, o comentarista detalhou: “Ocorre que ele pode comprar o terreno e tudo mais, com várias questões a serem resolvidas e sai da presidência em dezembro. Isso pode ser tocado por um outro presidente. Ele pode comprar o terreno, iniciar o processo e não conseguir terminar ele a ponto de deixar tudo encaminhado”.


Logo, o comentarista esportivo acredita que, outra pessoa pode comprar e fazer um imóvel diferente do que Landim projeta. Além disso, Mauro Cezar acredita que existem impasses com autorizações da prefeitura, o imóvel seria perto do Terminal Gentileza para ajudar com o deslocamento e o prefeito estaria contribuindo para revitalizar a região.


O jornalista aponta que uma das questões que dificultam a compra do local é provar para a prefeitura que, o local será revitalizado porque gerará fluxo de pessoas e turismo na região. Porém, a propriedade é privada e a Caixa Econômica Federal aponta que sua venda só pode ser por leilão público. Logo, existem alguns bastidores complexos para a aquisição do terreno e posteriormente com a construção do estádio.