Home Futebol Milton Neves define seleção brasileira ideal com Endrick no ataque; veja o time

Milton Neves define seleção brasileira ideal com Endrick no ataque; veja o time

Jornalista diz que Dorival Júnior precisa apostar no equilíbrio do time para o embate diante a Inglaterra

Paulo Foles
Jornalista, amante da escrita e apaixonado por esportes. Falo sobre futebol internacional, nacional e esportes americanos, principalmente NFL e NBA. Santista e apreciador do bom futebol. Twitter: @PaulFoles
Endrick com a camisa da seleção brasileira

Endrick em ação pela seleção brasileira no Pré-Olímpico. Foto: Joilson Marconne/CBF

Dorival Júnior estreia na seleção brasileira em um duro embate contra a Inglaterra, no próximo sábado (23), às 16h (de Brasília), em Wembley. Milton Neves, em opinião no Uol, escalou o time ideal para enfrentar os europeus.

PUBLICIDADE

“Duelo duríssimo diante de uma das seleções mais promissoras do mundo. É claro que para enfrentar uma parada como essa é preciso ter um time equilibrado. Alô, Dorival, vem na minha que você passa de ano”, disse o jornalista.

Ele colocou Endrick, de apenas 17 anos, no trio de ataque ao lado dos futuros companheiros de Real Madrid; veja a escalação que Milton Neves considera a ideal:

PUBLICIDADE

Bento; Danilo, Bremer, Beraldo e Wendell; André, Bruno Guimarães e Lucas Paqueta; Rodrygo Vinícius Júnior e Endrick.

O ex-treinador de Flamengo e SPFC começa o novo ciclo com a missão de fazer a ‘amarelinha’ dar a volta por cima após fiascos recentes. Com Ramon Menezes e Fernando Diniz no comando, a seleção brasileira não teve bons momentos em 2023.

Além da partida contra a Inglaterra, o Brasil tem a Espanha como desafio, no dia 26 de março, próxima terça-feira, no Santiago Bernabéu, estádio do Real Madrid.

Lucas Paquetá fala sobre problemas extracampo

PUBLICIDADE

Protagonista no West Ham, da Inglaterra, o brasileiro ex-Flamengo passou a ser investigado por possível envolvimento com casas de apostas. Em entrevista coletiva da seleção, ele explicou:

“Na verdade, eu fui instruído a não comentar sobre esse assunto, mas já são sete meses desde que isso aconteceu e eu estou cooperando ao máximo”, ressaltou o meia.

O Manchester City de Pep Guardiola se interessou pelo futebol de Paquetá, mas recuou diante das acusações. Depois de meses de investigação e nenhuma prova, o jogador novamente começa a despertar o desejo da potência inglesa.