Home Futebol Neto cita condenação de Daniel Alves e defende Gabigol, do Flamengo: “Não é fraude”

Neto cita condenação de Daniel Alves e defende Gabigol, do Flamengo: “Não é fraude”

Apresentador da Band se revolta com punição do atacante: “Querem acabar com o menino?”

Paulo Foles
Jornalista, amante da escrita e apaixonado por esportes. Falo sobre futebol internacional, nacional e esportes americanos, principalmente NFL e NBA. Santista e apreciador do bom futebol. Twitter: @PaulFoles
Gabigol, do Flamengo

Gabigol foi punido e irá desfalcar o Flamengo. Foto: Divulgação/site Flamengo

Durante o programa “Os Donos da Bola” desta terça-feira (26), o Craque Neto saiu em defesa de Gabigol, que foi suspenso do futebol por dois anos, e citou a condenação de Daniel Alves por violência sexual na Espanha.

PUBLICIDADE

“Não é fraude o que aconteceu com o Gabigol. Fraude é tentar colocar água no potinho. Você dá dois anos pra um jogador e um estuprador tomou quatro anos e seis meses e está livre”, disparou o apresentador.

Ex-SPFC e Barcelona, Daniel Alves foi condenado na Espanha pelo crime de estupro, que aconteceu em dezembro de 2022. No entanto, o ex-jogador brasileiro pagou fiança de 1 milhão de euros e irá responder em liberdade provisória.

PUBLICIDADE

Já Gabigol foi julgado pelo Tribunal de Justiça Desportiva Antidopagem (TJD-AD) nesta segunda-feira (25) e recebeu uma suspensão de dois anos por descumprimentos no exame antidoping; o Flamengo irá recorrer no caso.

Neto prosseguiu falando sobre a situação do camisa 10 do Rubro-Negro: “Eu não sei o que estão querendo fazer com o Gabigol. Fraude é não dar o endereço certo, é colocar outro xixi. Dois anos para o Gabigol? Estou defendendo o Gabigol mesmo, é um absurdo o que estão fazendo com ele. Querem acabar com o menino?”, se revoltou o ex-jogador.

Jorge Nicola explica o caso

Apesar da suspensão de dois anos, o atacante revelado pelo Santos já pode retornar aos gramados em abril de 2025. O jornalista explicou durante “Os Donos da Bola”:

PUBLICIDADE

“O teste (de antidoping) aconteceu em 8 de abril de 2023. Por conta da demora no julgamento e definição do caso, o tribunal decidiu aplicar dois anos e começar a contar a punição a partir de 9 de abril do ano passado”, ressaltou Nicola.

“Ele foi condenado a dois anos, mas vai cumprir um ano de suspensão”, disse ele após o pronunciamento de Neto.