Home Futebol PVC aponta técnico ‘injustiçado’ na seleção brasileira: “Ninguém lembra”

PVC aponta técnico ‘injustiçado’ na seleção brasileira: “Ninguém lembra”

Comentarista fez um comparativo acerca do cenário de novidades entre Dorival Júnior e antigo comandante do escrete canarinho

Cido Vieira
Jornalista graduado no Centro Universitário Uninter. Trabalho no Torcedores.com desde 2017, desempenhando a função de redator. Sou setorista do futebol pernambucano em rádios locais e um verdadeiro apaixonado pelo esporte bretão.
PVC, comentarista do UOL Esporte

PVC durante programa no SporTV (Reprodução - YouTube)

A “Era Dorival Júnior” vai começar na seleção brasileira. Logo mais às 16h (de Brasília), o time pentacampeão do mundo encara amistoso contra a Inglaterra, em Londres. Antes da bola rolar, o jornalista Paulo Vinícius Coelho, o PVC chamou atenção para o processo de reformulação que o time vem passando, e aproveitou para exaltar um ex-treinador do Brasil: Carlos Alberto Silva.

PUBLICIDADE

No texto opinativo da coluna do UOL Esporte, PVC enfatiza que a seleção brasileira não tinha tantos jogadores estreantes desde a transição de Zico para Romário. Para o confronto contra o English Team são aguardados cinco atletas novatos. Neste cenário, o comentarista relembrou o legado de Carlos Alberto Silva, responsável por promover nomes que se tornariam históricos vestindo a amarelinha.

“Carlos Alberto Silva foi responsável pela renovação que levou a uma geração tetracampeã em 1994. Sob seu comando, iniciaram trajetórias pela seleção: Taffarel, Jorginho, Ricardo Rocha, Dunga, Raí e Romário”, iniciou PVC, fazendo um paralelo com Dorival Júnior na sequência.

PUBLICIDADE

“Dorival Júnior pode ter como missão o começo de uma nova geração, que não venha a ser campeã mundial sob seu comando. Importante o processo de mudança, com critério e parcimônia. Carlos Alberto Silva foi muito importante pela coragem de lançar seis jogadores que seriam campeões mundiais sete anos depois”, seguiu o comentarista.

“Ninguém se lembra de seu trabalho. Todo mundo sabe que Parreira foi campeão mundial com Taffarel, Jorginho, Ricardo Rocha, Dunga, Raí e Romário no grupo”, completou PVC.

As novidades citadas por PVC na seleção

No debute de Dorival Júnior, o Brasil deve vir a campo com cinco novidades entre os titulares: o goleiro Bento, do Athletico, os zagueiros Fabrício Bruno e Beraldo, do Flamengo e PSG, respectivamente, Wendell, lateral do Porto, e João Gomes, volante do Wolverhampton e ex-Flamengo.