Home Futebol Bayern de Munique vence o Arsenal e garante vaga na semi da Champions League

Bayern de Munique vence o Arsenal e garante vaga na semi da Champions League

Equipes se enfrentaram pelas quartas de finais da Champions League. No jogo de ida, teve empate em 2 X 2 na Inglaterra e a disputa seguiu aberta no jogo de hoje

Rogério Guimarães
Rogério Guimarães é editor e redator que atua há mais de dez anos com conteúdos web e impresso de vários segmentos. Formado em Geografia pela USP, Universidade de São Paulo, já trabalhou para agências de publicidade e editoras de material didáticos e técnicos, como FTD, Moderna, Sesi, Senai, Senac entre outras. Atualmente no Torcedores.com.
Jogadores do Bayern de Munique comemoram vitória sobre o Arsenal

Joshua Kimmich, centro-direita do Bayern, comemora com os companheiros após marcar o primeiro gol de sua equipe durante a partida de volta das quartas de final da Liga dos Campeões, entre Bayern de Munique e Arsenal, na Allianz Arena, em Munique, Alemanha, quarta-feira, 17 de abril de 2024. (AP Photo/Bruna Cristã)

O Bayern de Munique venceu o Arsenal por 1 X 0 no Allianz Arena e garantiu a vaga para as semiinais da Champions League em um jogo bastante estudado e sem muitas oportunidades de gol.

PUBLICIDADE

A partida começou com muito estudo por parte das equipes e forte marcação no meio de campo. Aos três minutos, Harry Kane tentou para o Bayern de Munique com um chute forte após cruzamento de Sané. O time bávaro seguiu com tentativas por meio de Sané, que tentou bola com bola cruzada, mas sem efetividade.

O Arsenal parece ter acordado para a partida com jogada feita por Gabriel Martinelli, que driblou e tentou chute, mas foi neutralizado por Neuer. A investida dos Gunners começou com o adiantamento da marcação na tentativa de diminuir a pressão do Bayern.

PUBLICIDADE

Na sequência o Bayern teve chance com Raphael Guerreiro que tentou jogada com Mazraoul aos 22 e Musiala, que chutou forte para a defesa de Raya. O jogo começou a ficar mais equilibrado com os contra-ataques do Arsenal, que chegou com Ödergard em chute forte de fora da área defendido por Neuer, que foi decisivo para evitar nova investida aos 29, dessa vez com Havertz.

E dá-le Arsenal: no cruzamento e Ödergard, Gabriel Martinelli bateu forte para defesa do goleiro alemão bem posicionado no meio do gol.

Aos 35 houve um lance que gerou reclamação por parte do Bayern: durante o atendimento médico a Saka dentro de campo, os jogadores aproveitaram para ouvir instruções dos técnicos. O Bayern aproveitou e cobrou o lateral rapidamente, mas o juiz mandou voltar a cobrança.

O jogo seguiu até os 46 minutos com algumas tentativas alternadas, mas sem muita efetividade de gol. Como de costume em grandes jogos da Champions League, a posse de bola foi bastante equilibrada: Arsenal com 53% de posse de bola ante 47% do Bayern.

PUBLICIDADE

A volta para o segundo tempo teve logo no começo bola na trave e no travessão de Goretzka em uma chance claríssima de gol. Mikel Arteta veio com uma proposta de adiantar bem o time para pressionar o time bávaro em seu campo de ataque.

Thomas Tuchel soube bem “estacionar o ônibus” na frente da área ao mesmo tempo em que posicionou bem seus marcadores para evitar as investidas dos Gunners

Após uma série de tentativas, o Bayern abriu o placar com Kimmich, que aproveitou cruzamento de Raphael Guerreiro para mandar cabeçada fortíssima sem chances para Raya.

Mikel Arteta foi para o tudo ou nada para equilibrar o placar com a entrada de Gabriel Jesus no lugar de Jorginho e Trossard no lugar de Martinelli. Tuchel resolveu fechar a defesa com a entrada do zagueiro Kim Min-Jae no lugar de Mazraoui.

Gabriel Jesus entrou com vontade e quase marcou aos 34 minutos ao receber bola de Declan Rice, mas o lance foi anulado por impedimento.

O jogo seguiu tenso, mas com domínio defensivo do Bayern, que soube segurar o resultado e garantir a vaga para as semifinais.

18+ | Jogue com responsabilidade | Aplicam-se os Termos e Condições | Conteúdo comercial