Home Futebol Caio Ribeiro vê time do Brasileirão Série A com ano decepcionante: “Tinha que jogar mais”

Caio Ribeiro vê time do Brasileirão Série A com ano decepcionante: “Tinha que jogar mais”

Ex-atacante afirmou ser fã do trabalho do técnico Vojvoda e que o Fortaleza deveria estar jogando mais

Matheus Leal
Setorista e editor-assistente do Torcedores.com
Caio Ribeiro durante o programa Boleiragem

Caio Ribeiro durante o programa Boleiragem (Foto: Reprodução)

O fim dos Estaduais se aproxima e em abril começam os principais campeonatos da temporada. Para o ex-atacante Caio Ribeiro, um time do Brasileirão Série A decepcionou no primeiro trimestre de 2024. Segundo o comentarista, durante o programa “Boleiragem, do SporTV, o Fortaleza deveria estar desempenhando melhor.

PUBLICIDADE

No último sábado (30), Fortaleza x Ceará se enfrentaram pela primeira partida da final do Campeonato Cearense e empataram em 0x0. Em sua análise, Caio Ribeiro acredita que o trabalho feito por Vojvoda nos anos anteriores caiu de produção na atual temporada.

“Esse início do Fortaleza, apesar de estar vivo na Copa do Nordeste e decidindo o Campeonato Cearense, eu esperava mais. Sou muito fã do Vojvoda, acho um grande técnico, sabe arrumar time, mas pela continuidade do trabalho, retorno do Moisés, chegada de outros jogadores, esse time tinha que jogar mais do que está jogando”, afirmou Caio Ribeiro.

PUBLICIDADE

Antes da decisão do título cearense, o Fortaleza tem outro desafio. Nesta quarta-feira, o Tricolor visita o Sportivo Trinidense, no Chile, pela estreia da Sul-Americana. O grupo do Leão do Pici também tem Boca Juniors e Nacional Potosí.

“Pode até ganhar o campeonato, ganhar o segundo jogo, mas o Fortaleza tem potencial para jogar mais do que está jogando”, avaliou Caio Ribeiro.

A equipe comandada por Vojvoda também segue viva na Copa do Nordeste, onde enfrentará o Altos nas quartas de final. Se avançar, encara o vencedor de Sport e Ceará. Já a decisão do cearense está marcada para este sábado (6), também na Arena Castelão, às 16h40.