Home Futebol Denílson vê time pressionado no futebol brasileiro: “Sentiu o golpe”

Denílson vê time pressionado no futebol brasileiro: “Sentiu o golpe”

Comentarista da Band analisa situação de um dos clubes do Brasileirão Série A que mais investiu para a temporada 2024

Marcel Rauen
Jornalista esportivo formado na Universidade Estadual de Londrina (UEL). Fã e praticante de esportes em geral, mas principalmente do futebol. No Torcedores desde 2015, escrevo basicamente sobre o dia a dia dos clubes brasileiros e sobre a mídia esportiva
denílson

Denílson participa do podcast Benja Me Mucho (Reprodução/YouTube)

O Brasileirão 2024 está chegando – começa no fim de semana do dia 13 – e um clube projeta sair da fila nesta temporada. O Internacional não vence a competição desde 1979, ou seja, há 45 anos, e se reforçou bastante para voltar a ser campeão. A pressão, no entanto, tem atrapalhado um pouco o elenco colorado, segundo o ex-jogador Denílson.

PUBLICIDADE

Em participação no Jogo Aberto, da Band, nesta quarta-feira (3), o comentarista falou sobre o time gaúcho que acabou empatando na estreia da Copa Sul-Americana diante do Belgrano, fora de casa, por 0 a 0, e frustrou os torcedores.

“O Inter precisa confirmar essa expectativa que todos têm no time. Hoje o elenco do Internacional é muito mais qualificado, mas é preciso confirmar em campo. Quando seus principais jogadores não conseguem criar, facilita o jogo de quem está defendendo. mesmo assim, o Borré teve pelo menos duas oportunidades claras. tem que fazer o gol”, avaliou Denílson.

PUBLICIDADE

“E quando você ouve o Coudet falando na (entrevista) coletiva… sentiram bastante o golpe. Mas já passou. Tem que levantar a cabeça. Não dá pra ficar se lamentando”, completou o comentarista.

Vale lembrar que o Inter foi eliminado nas semifinais do Campeonato Gaúcho contra o Juventude.

Confira a declaração de Coudet a qual Denílson se referiu:

“Claro que queremos ganhar e reconhecemos quando não vamos bem, mas só perdemos uma. O golpe está muito perto. Não chegamos à final e pedimos desculpas. Foi o primeiro jogo após a eliminação. Não é fácil. Teremos uma semana longa e precisamos voltar a ganhar. Podemos dar muito mais. Temos de retomar um montão de coisas”, disse o treinador argentino.

PUBLICIDADE

Criticado por Denílson, Internacional volta a campo só na semana que vem

Depois do frustrante empate diante do Belgrano, o Colorado tem a chance de se redimir com sua torcida na próxima quarta-feira (10) quando recebe a visita do Real Tomayapo, da Bolívia, no Beira-Rio, às 21h (horário de Brasília).

Os dois clubes estão no Grupo C da Copa Sul-Americana, que tem ainda o Delfín, do Equador, como o quarto integrante.