Home Futebol Manchester United deve reduzir salário de Erik ten Hag caso não decida demiti-lo

Manchester United deve reduzir salário de Erik ten Hag caso não decida demiti-lo

O treinador dos red devils deverá receber 25% do seu salário caso não consiga uma classificação para a Champions League

William Nunes
Formado em produção audiovisual pela PUCRS, William Nunes começou a trabalhar no Torcedores.com em 2022. Especialista em futebol internacional e fã da Premier League, escreve diariamente sobre os assuntos mais pertinentes do mundo da bola, com destaque para informações sobre Manchester United, City, Arsenal, Chelsea, Liverpool, Tottenham, Bayern de Munique, PSG, Barcelona e Real Madrid. Administrador de duas contas no YouTube, uma em inglês e outra em português. Conhecido nas redes sociais como "WilliamSkynyrd", trabalho escrevendo textos esportivos e fazendo vídeos de memes de gatos.
Erik ten Hag nos treinos do Manchester United

Erik ten Hag nos treinos do Manchester United (Reprodução/X/Manchester United)

Com a temporada se aproximando do seu encerramento, ainda não existe uma definição acerca do futuro do comando técnico do Manchester United. O holandês Erik ten Hag segue no cargo, porém, segue sendo alvo de muitas críticas dos torcedores, já que vem oscilando demais e tropeçando em jogos importantes.

PUBLICIDADE

A ESPN revelou recentemente que, caso Erik ten Hag permaneça no cargo, seu salário mudará no clube. Isso porque, o fracasso de se classificar para a Champions League da próxima temporada resulta numa queda de 25% do salário, de acordo com o que foi previsto em contrato.

Com isso, na próxima temporada, Ten Hag deve ver seu salário de 9 milhões de libras por ano ser reduzido para 6,75 milhões. Vale destacar que ele ainda tem mais um ano de contrato com o Manchester United.

PUBLICIDADE

Erik ten Hag é cotado para deixar o Manchester United

Apesar dessas informações, a tendência parece ser pela saída do técnico na janela de transferências, segundo informou o jornal “SunSports”. O ex-comandante do Ajax vem sendo muito criticado pelos torcedores e a partida contra o Coventry City, da segunda divisão, piorou ainda mais a situação dele.

O Manchester United chegou a abrir uma vantagem de 3 a 0 sobre o adversário durante a semifinal da Copa da Inglaterra, porém, cedeu o empate nos minutos finais e precisou de uma vitória nas penalidades para se classificar para a final, onde enfrentará o City.

O jornal ainda afirmou que, diante de tantas mudanças feitas por Sir Jim Ratcliffe nas últimas semanas, parece improvável que o holandês seja mantido no cargo, mesmo que ele consiga uma vitória surpreendente contra o Manchester City na decisão da Copa da Inglaterra.

Diante disso, o ex-técnico do Chelsea, Graham Potter, sendo o principal candidato para assumir o cargo, com Southgate, De Zerbi e Thomas Frank sendo outras opções.

PUBLICIDADE