Home Futebol Neto descarta Cássio e aponta maior jogador da história do Corinthians

Neto descarta Cássio e aponta maior jogador da história do Corinthians

Ex-jogador, no entanto, aproveitou para exaltar o arqueiro pela conduta após ter sido colocado como reserva contra o Fluminense

Cido Vieira
Cido Vieira é um jornalista graduado no Centro Universitário Uninter que trabalha como redator no Torcedores.com desde 2017, com cobertura focada em futebol brasileiro e mídia esportiva. Acumula dentro de sua trajetória na profissão experiência na área radiofônica, sendo setorista de clubes pernambucanos, cobrindo Brasileirão e Copa do Nordeste.
Neto, ex-jogador

Neto na apresentação do "Os Donos da Bola" (Reprodução - YouTube)

Conhecido por ser incisivo nas opiniões na televisão brasileira, o apresentador Neto classificou que Marcelinho Carioca foi o maior jogador da história do Corinthians. A opinião foi dada no programa “Apito Final” deste domingo (28). Na avaliação do ex-meia alvinegro, Cássio figura como o maior ídolo, mas não supera o “Pé de Anjo” em termos de maior representatividade no quesito qualidade.

PUBLICIDADE

“Eu amo o Cássio, mas pra mim, ele não é o maior jogador da história do Corinthians, que também não sou eu, é o Marcelinho Carioca, pra mim ele é o maior. Agora em termos de ídolo, é o Cássio, há uma diferença no meu entendimento neste sentido”, disparou Neto.

Na sequência, o apresentador aproveitou para exaltar o goleiro, destacando a postura do mesmo ao ser colocado no banco de reservas contra o Fluminense, dada o momento conturbado que vem passando no clube.

PUBLICIDADE

“A maioria dos jogadores do patamar dele, não ficaria no banco. Ele foi aquecer o Carlos Miguel. Não sei se são amigos, mas ele quer o melhor para o Corinthians. Ele mostrou a grandeza dele, muitos não fariam, dariam desculpas para não jogar”, complementou o apresentador.

Neto prospecta campanha do Corinthians no Brasileirão

Ainda no programa “Apito Final”, o ex-jogador foi enfático ao opinar que, se manter o nível de boa atuação, não irá ser despromovido na Série A, mas o alerta deve permanecer ligado para não oscilar com tanta intensidade.

“O Corinthians vai ficar em terceiro jogando como esse time jogou? Não. Mas não vai cair, jogando desse jeito. Agora nos outros jogos e o que acontece politicamente, tem que ficar ligado. Está faltando 40 pra gente não cair”, disse o ex-jogador.

Com a vitória sobre o Fluminense, o Timão chegou aos quatro tentos e subiu para a 13ª posição, dando uma afastada do temido Z4, setor que o clube ocupava antes do início da 4ª rodada.

PUBLICIDADE