Home Futebol Palmeiras x Santos: quem mais venceu, as maiores goleadas e por que “Clássico da Saudade”

Palmeiras x Santos: quem mais venceu, as maiores goleadas e por que “Clássico da Saudade”

Verdão e Peixe, que hoje decidem o título do Paulistão, disputam uma final de campeonato pela oitava vez na história

Adriano Oliveira
Sou colaborador do Torcedores.com desde 2018, com mais de 3.600 textos publicados, porém escrevo sobre futebol há mais de 15 anos. Mas é claro que a paixão por este esporte começou bem antes disso. Hoje, aos 51 anos de idade, o futebol ainda me faz sentir a mesma coisa que eu sentia aos 10.

Cesar Greco/ SE Palmeiras

Na noite deste domingo (7), às 18h00, Palmeiras e Santos se enfrentam no Allianz Parque, em São Paulo, em clássico que decide o título do Campeonato Paulista de 2024.

PUBLICIDADE

Na partida de ida, realizada na semana passada na Vila Belmiro, o Peixe largou na frente ao vencer o Verdão pelo placar de 1 x 0, com gol marcado pelo meia Otero aos dois minutos da etapa final.

Com o resultado, o Santos será campeão paulista neste domingo com mais um triunfo ou qualquer empate, enquanto o Palmeiras precisa da vitória por pelo menos um gol de diferença para levar a decisão à disputa de pênaltis.

PUBLICIDADE

Palmeiras x Santos: quem mais venceu?

Um dos mais tradicionais clássicos do futebol brasileiro, os dois rivais já estiveram em campo frente a frente em 351 oportunidades e o retrospecto é amplamente favorável ao Palmeiras, que tem 43 vitórias a mais.

Em 109 anos de disputa do confronto, são 151 triunfos do Verdão contra 108 vitórias do Peixe, mais 92 partidas que terminaram com igualdade no marcador.

A equipe alviverde anotou 586 gols nas redes do Alvinegro Praiano e sofreu 487, acumulando um saldo positivo de 99 tentos.

Contabilizados somente os jogos válidos pelo Campeonato Paulista, foram 197 confrontos e a vantagem segue sendo do Verdão, que venceu 97 vezes e perdeu em 55 ocasiões, mais 45 empates.

PUBLICIDADE

No Allianz Parque, palco da grande decisão deste domingo (7), os dois times se enfrentaram 14 vezes, com dez triunfos dos donos da casa, três igualdades e apenas uma única vitória da equipe alvinegra.

Palmeiras x Santos: as maiores goleadas

O marcador mais elástico a favor do Palmeiras aconteceu também em duelo do Campeonato Paulista, quando o então Palestra Itália anotou 8 x 0 sobre o Santos, em 1932, no estádio da Ponte Grande, em São Paulo, com gols de Romeu Pellicciari (duas vezes), Lara, Sandro, Luiz Imparato (também duas vezes), Avelino e Goliardo.

E a maior goleada do Peixe foi registrada no primeiro duelo diante do Verdão, pelo Torneio Pró-Pátria, da Cruz Vermelha Italiana.

A partida foi realizada na capital paulista, no campo do Velódromo, em 3 de outubro de 1915, e terminou com vitória santista por 7 x 0. Anacleto (duas vezes), Ary Patusca (três), Aranha e Arnaldo Silveira balançaram as redes.

PUBLICIDADE

Por que “Clássico da Saudade”?

Palmeiras x Santos ficou conhecido por “Clássico da Saudade” em alusão aos grandes embates disputados pelos dois clubes durante o auge do futebol brasileiro, na década de 1960.

De um lado estava a equipe alviverde, liderada por Ademir da Guia, o “Divino”, um dos maiores ídolos da história palmeirense.

Do outro lado, nada menos que o famoso “time dos sonhos” do Santos de Pelé, considerado o maior jogador de futebol e o maior atleta de todos os tempos.

Como exemplo da grandeza do confronto, o Clássico da Saudade protagonizou um dos maiores jogos de toda a história do futebol no Brasil.

PUBLICIDADE

O duelo de 13 gols, disputado pelo Torneio Rio-São Paulo de 1958, com triunfo do Santos pelo placar de 7 x 6, ficou marcado como a “partida dos infartos”.

Muitos torcedores presentes ao estádio do Pacaembu, em São Paulo, chegaram a passar mal com tantas viradas no marcador, sendo registrados cinco infartos após o apito final do árbitro.

Para o ex-jogador e ídolo do Santos, Pepe, o “Canhão da Vila”, este foi “o jogo mais emocionante que o futebol brasileiro já apresentou na história”.

Embora existam raras imagens da partida histórica, para muitos jornalistas da época esta edição do Clássico da Saudade é considerada “o maior jogo do século 20”.

PUBLICIDADE

18+ | Jogue com responsabilidade | Aplicam-se os Termos e Condições | Conteúdo comercial