Home Futebol PVC aponta time com “posse de bola improdutiva” no futebol brasileiro

PVC aponta time com “posse de bola improdutiva” no futebol brasileiro

Jornalista esportivo faz alerta sobre o rendimento da equipe e indica a necessidade de melhora durante a temporada

Marcel Rauen
Jornalista esportivo formado na Universidade Estadual de Londrina (UEL). Fã e praticante de esportes em geral, mas principalmente do futebol. No Torcedores desde 2015, escrevo basicamente sobre o dia a dia dos clubes brasileiros e sobre a mídia esportiva
pvc

PVC é comentarista do Paramount+ (Reprodução/SporTV)

Atual campeão da Libertadores, o Fluminense não tem conseguido manter o nível alto de atuações neste ano e nas últimas 10 partidas, venceu apenas três. Na quinta-feira (25), empatou por 0 a 0 contra o Cerro Porteño, pela Libertadores, e recebeu críticas de Paulo Vinícius Coelho, o PVC.

PUBLICIDADE

Em sua coluna no UOL Esporte, o jornalista esportivo criticou a falta de sintonia da equipe atualmente, sem aproximações, principalmente, pelo lado direito do ataque onde Marquinhos tem ficado sozinho.

“O resultado é uma montanha de posse de bola improdutiva, sem finalizações”, avaliou PVC.

PUBLICIDADE

“Vai ter de crescer no decorrer da temporada”, completou o jornalista apontando que o Flu de Diniz está muito longe do seu melhor.

Apesar do empate em Assunção, o Tricolor das Laranjeiras segue na liderança do Grupo A, com cinco pontos. Colo-Colo e Cerro Porteño têm quatro, enquanto o Alianza Lima é o lanterninha, com dois.

Criticado por PVC, Fluminense volta atenções ao Brasileirão

Depois do empate contra o Cerro Porteño na Libertadores, o time de Fernando Diniz agora se prepara para mais um importante desafio no Brasileirão.

Neste domingo (28), o Fluminense encara o Corinthians, na Neo Química Arena, às 16h (horário de Brasília), em partida da quarta rodada da competição nacional.

PUBLICIDADE

O Tricolor começa a rodada na décima colocação da classificação geral, com quatro pontos conquistados até aqui.

Para a partida, Diniz não poderá contar com o volante André, lesionado em Assunção.

“Mais que planejamento, a gente tem pensado muito sobre a sequência de jogos. Você nunca consegue cumprir o planejamento de forma integral”, explicou o técnico do Fluminense em entrevista coletiva após o jogo no Paraguai.

“Hoje já teve a baixa do André, e a gente não sabe quanto tempo ele vai ficar afastado, como os jogadores vão reagir. Ontem a gente treinou em um campo todo enlameado por causa da chuva. Fora as viagens, os campos de treinamentos, os jogos”, disse.

PUBLICIDADE

“A gente não sabe como os jogadores vão se comportar para procurar sempre colocar o melhor Fluminense em cada partida. Provavelmente não vamos conseguir fazer o que queremos, mas vamos saber fazer aquilo que precisamos nesses jogos que temos pela frente”, projetou Fernando Diniz.

“A gente espera de fato conseguir atuar bem. Quando achar necessário fazer as mudanças necessárias, vamos fazer”, completou o treinador do Fluminense.