Home Futebol Vampeta contesta atitude de Tite no Flamengo: “Isso eu não concordo”

Vampeta contesta atitude de Tite no Flamengo: “Isso eu não concordo”

Comentarista avaliou a necessidade do treinador poupar tantos jogadores na partida diante do Bolívar

Eder Bahúte
Jornalista diplomado. Apaixonado por radiojornalismo e esportes em geral. Especialista em nada, mas dá pitaco em tudo. Leitura de biografias, games e séries. Contato: [email protected]
Flamengo na Libertadores

Flamengo na Libertadores - ( Gaston Brito Miserocchi/Getty Images)

A ausência de titulares na partida entre Bolívar e Flamengo, na Bolívia, pela Libertadores foi assunto central na entrevista coletiva de Tite. Assim como no pós-jogo do empate com o Palmeiras, o técnico explicou que tudo se deve a um trabalho científico do clube na prevensão de lesões. Em La Paz, ficaram de fora Varela, Ayrton Lucas, Pulgar, Arrascaeta e Pedro. Na Jovem Pan, Vampeta repercutiu o tema.

PUBLICIDADE

Durante o programa Canelada, o ex-jogador entende a importância da ciência no futebol, mas lembra que na Europa os grandes atletas não costumam ser poupados.

“Em onze dias o Pedro jogou 45 minutos. Isso eu não concordo, não é porque perdeu ou ganhou. Poderia ter Pedro, Arrascaeta, Gabigol, todo mundo, lá é complicado. A gente viu o que o Flamengo sofreu. Agora, eu não concordo com rodízio. Os maiores atletas do mundo não são poupados, cara”, inicia Vampeta.

PUBLICIDADE

“Não existe argumento para poupar os dois principais jogadores seguidos. Assim como não teve em poupar o De La Cruz com o Palmeiras aqui. Ok respeito a fisiologia, ciência, mas porque a ciência não funciona com Messi, Cristiano Ronaldo, Mbappé? Eu vejo Modric com 38 anos jogando”, completou o ex-volante.

Citado por Vampeta, Tite irrita torcedores do Flamengo na web

Nas redes sociais, Tite foi alvo de muitas críticas por parte dos rubro-negros. Além de ser chamado de ‘burro’, outros ainda pediram a saída do treinador. Com o revés de ontem, o time carioca pode terminar a rodada em terceiro lugar. O Bolívar, por sua vez, disparou na liderança com nove pontos e tem boas perpsectivas de classificação.

“Bolívar está muito bem estruturado e muito bem treinado. Méritos ao seu técnico. A gente olha o futebol sob duas perspectivas. Olha a nossa, mas tem que ter o cuidado de não ser egoísta e olhar o outro lado, que tem um bom trabalho”, elogiou o comandante do Flamngo.

PUBLICIDADE

O próximo compromisso do Rubro-Negro será diante do Botafogo, domingo (28), às 11h (de Brasília), pela quarta rodada do Brasileirão Série A.