Home Futebol Zinho crava time que está ‘devendo’ no futebol brasileiro: “Ligar o sinal de alerta”

Zinho crava time que está ‘devendo’ no futebol brasileiro: “Ligar o sinal de alerta”

Comentarista aponta elenco que ainda não mostrou tudo aquilo que é capaz após rodízio no Brasileirão e Libertadores

Eder Bahúte
Jornalista diplomado. Apaixonado por radiojornalismo e esportes em geral. Especialista em nada, mas dá pitaco em tudo. Leitura de biografias, games e séries. Contato: [email protected]
Zinho

Comentarista discura em podcast - Reprodução/YouTube

Postulantes aos principais títulos do futebol brasileiro em 2024, Palmeiras e Flamengo largam na frente dos demais concorrentes. Se por um lado o Verdão aposta no trabalho longo e consistência adquirida com Abel Ferreira, o Rubro-Negro tem como ponto forte um elenco recheado de jogadores da primeira prateleira na América do Sul. Contudo, a real força deste plantel não foi demonstrada em campo. É o que afirma Zinho.

PUBLICIDADE

Nos jogos contra Palmeiras e Bolívar, o técnico Tite, embasado por resultados científicos decidiu preservar alguns atletas que apresentavam riscos de lesão. Desta forma, outros ganharam uma oportunidade, mas ficaram devendo: empate com o Verdão e derrota para os bolivianos.

Tem que ligar o sinal de alerta. É o melhor elenco, mas que ainda não deu essa resposta. Agora, foi a primeira derrota e tem coisas pela frente que são importantes para esta gestão de elenco do Tite. As críticas estão um pouco fora do tom”, disse Zinho, durante o ESPN FC, da última segunda (25).

PUBLICIDADE

Alvo de muitas críticas da torcida, Tite justificou novamente a decisão de poupar titulares, sobretudo na altitude de La Paz. Segundo ele, tudo é baseado numa troca de informações com o departamento médico.

“Tenho que ter muita lucidez para não estourar um atleta numa sequência de jogos. Risco há e estratégia há, e essa foi a minha opção, minha responsabilidade. Uma sequência de jogos muita grande e que inviabilizou alguns atletas de vir, um jogo muito desgastante aqui na altitude”, explicou.

Além disso, o tempo de recuperação é curto até o clássico com o Botafogo, marcado para domingo, às 11h (de Brasília).

“Temos uma viagem de retorno grande, com jogo domingo às 11h da manhã. Olhamos todo esse contexto”, acrescentou o treinador.

PUBLICIDADE

Alertado por Zinho, Flamengo ‘comemora’ tropeço de colombianos na Libertadores

Com a derrota de ontem do Millonarios, o Flamengo se manteve na segunda posição com 4 pontos, sendo cinco atrás do Bolívar, líder com 9.

O time carioca volta a jogar pela Libertadores no próximo dia 7, contra o Palestino, no Chile, às 21h (de Brasília).