Home Futebol Craque Neto revela como Abel Ferreira pagará multa milionária ao Palmeiras

Craque Neto revela como Abel Ferreira pagará multa milionária ao Palmeiras

Apresentador da Band crava acordo do treinador do Verdão com Leila Pereira para pagar multa ao Al Sadd, cobrada na Fifa

Marcel Rauen
Marcel Rauen é um jornalista formado na Universidade Estadual de Londrina (UEL) que atua na área esportiva há cerca de 15 anos. É fã e praticante de esportes em geral, mas principalmente de futebol. Escreve no Torcedores desde 2015 sobre o dia a dia dos clubes brasileiros e sobre a mídia esportiva
neto

Neto durante programa na Rádio Bandeirantes (Reprodução - YouTube - Rádio Bandeirantes)

Durante o programa Os Donos da Bola, da TV Bandeirantes, nesta terça-feira (28), o apresentador Neto revelou uma informação exclusiva sobre como o técnico Abel Ferreira pretende pagar a multa que deve receber da Fifa por ter assinado um pré-contrato com o Al Sadd, do Catar.

PUBLICIDADE

“Vou cravar aqui. O Abel Ferreira vai acertar o contrato até 2027 com a Leila Pereira antes da eleição ou assim que ela se reeleger. Por sinal, parabéns para a Sociedade Esportiva Palmeiras e para a Leila”, revelou Neto.

Na sequência, Neto questionou Jorge Nicola, comentarista do programa sobre a atuação de Leila. O jornalista questionou se a presidente ajudaria no pagamento da multa pelo pré-contrato de Abel Ferreira com o Al Sadd cobrada na Fifa.

PUBLICIDADE

O próprio apresentador revelou que a situação já está resolvida, com o português permanecendo no Palmeiras até o fim de 2027, quando terminaria o novo mandato de Leila como presidente. Desta forma, a multa seria “paga”.

“Isso já está na parada que aconteceu. Por isso que ele já renovou por um ano e pouco e vai renovar depois por mais dois anos. Ele vai ficar até 2027”, cravou novamente Neto.

Citado por Neto, Abel Ferreira é orientado a não falar sobre o assunto

A assessoria jurídica do treinador do Palmeiras o orientou a não se pronunciar sobre o suposto pré-contrato com o Al Sadd.

Em entrevista coletiva na semana passada, após o empate do Verdão contra o Botafogo-SP por 0 a 0, qua garantiu a classificação alviverde às oitavas de final da Copa do Brasil, Abel foi questionado na entrevista coletiva, mas evitou dar detalhes sobre a situação.

PUBLICIDADE

“Gostaria de acrescentar mais ainda, inclusive ano passado, em outubro, novembro e dezembro, que sou dono da minha alma e capitão do meu destino. E quis o capitão do meu destino que eu chegasse no Palmeiras em 2020. E de 2020 até o dia de hoje, eu quero dizer bem alto, para aqueles que não ouviram e se verem as últimas conferências do ano passado, não vou alterar uma vírgula do que disse há seis, sete meses.”, limitou-se a responde Abel Ferreira.

“Sou treinador do Palmeiras e estou treinador do Palmeiras. É bom, um orgulho, e o capitão do meu destino me trouxe ao chiqueiro e ao Palmeiras. Ganhamos, já ganhamos neste ano, e se Deus quiser vamos continuar ganhando com o trabalho de todos no CT. Estou onde quero estar e onde querem que eu esteja”, completou o treinador.

18+ | Jogue com responsabilidade | Aplicam-se os Termos e Condições | Conteúdo comercial