Home Futebol Em reviravolta, Xavi pode ser demitido do Barcelona; entenda

Em reviravolta, Xavi pode ser demitido do Barcelona; entenda

O presidente do Barça, Joan Laporta, ficou incomodado com entrevista do treinador e pode voltar atrás na decisão de mantê-lo no clube

William Nunes
William Nunes é um redator que atua há dois anos cobrindo futebol internaciol, com ênfase em clubes da Inglaterra, Espanha e Alemanha, sendo eles: Manchester United, City, Arsenal, Chelsea, Liverpool, Bayern de Munique, Barcelona e Real Madrid. Graduado pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul em 2019. Atualmente no Torcedores.com.
Treinador Xavi, do Barcelona, durante entrevista coletiva

Treinador Xavi, do Barcelona, durante entrevista coletiva (Reprodução/X/Barcelona)

Há algumas semanas, o Barcelona surpreendeu a muitos ao anunciar a permanência do treinador Xavi Hernandez meses após o ex-jogador ter revelado durante entrevista coletiva que iria deixar o clube após o final da atual campanha.

PUBLICIDADE

Segundo o que foi revelado pelo clube, os dirigentes do clube, Joan Laporta e Deco, teriam sido bem-sucedidos na missão de convencer o ídolo do Barcelona a voltar atrás em seu projeto de deixar o time.

Apesar disso, uma nova reviravolta acontecida nesta semana pode mudar tudo no Barcelona. Segundo informações do jornal “RAC1” e também do Sport e Mundo Deportivo, Xavi pode ser demitido do Barça nesta semana.

PUBLICIDADE

O presidente do clube, Joan Laporta, teria ficado muito incomodado com as declarações de Xavi durante entrevista antes do jogo contra o Almería. Na ocasião, o treinador afirmou que seria difícil competir com o Real Madrid e outros gigantes europeus devido às dificuldades financeiras do Barça.

Devido a esse incomodo, o presidente teria decidido voltar atrás e encerrar o vínculo com Xavi Hernandez nesta temporada.

Xavi falou sobre os comentários polêmicos antes do jogo do Barcelona

Nos últimos dias, o treinador já vinha sendo perguntado sobre os seus comentários controversos. Ele não voltou atrás no que falou sobre a dificuldade de enfrentar os rivais, porém, justificou suas palavras:

“Eu disse o que pensava. A situação não é fácil e estamos a trabalhar para inverter a situação. Ainda ontem, (quarta-feira) disse que a situação econômica do clube não é a melhor. Compreendo a comoção, que há ruído à volta, mas estou a encarar isto com o maior entusiasmo e é isso que estou a transmitir tanto ao Deco, como a Laporta”, falou ele.

PUBLICIDADE
18+ | Jogue com responsabilidade | Aplicam-se os Termos e Condições | Conteúdo comercial