Home Futebol Flamengo é exemplo de consultoria ao Corinthians para tentar equacionar dívida bilionária

Flamengo é exemplo de consultoria ao Corinthians para tentar equacionar dívida bilionária

Análise contratada pelo Timão indica que o Rubro-Negro atualmente é o time com maior receita no futebol brasileiro, mas já foi o mais endividado

Beatriz Ojeda
Ex-atleta, formada em Letras e apaixonada por esportes desde sempre. Trabalho como redatora desde 2018, fazendo cobertura de mídia esportiva, futebol, tênis e esportes americanos. Sou colaboradora do Torcedores por ser o melhor lugar para aliar as duas grandes paixões.
Flamengo x Corinthians

Flamengo x Corinthians na Copa do Brasil de 2023 (Créditos: Foto: Marcelo Cortes / Flamengo)

Atualmente, o Flamengo vive uma situação financeira invejada por muitos clubes do Brasileirão Série A. Com receita recorde, o Rubro-Negro tem capacidade financeira para se reforçar, cumprir com seus compromissos e inclusive sonhar com a construção do seu próprio estádio.

PUBLICIDADE

Do outro lado da balança, o Corinthians vive uma situação financeira crítica, mas uma consultoria contratada aponta o time carioca como exemplo para uma virada econômica.

Flamengo é exemplo para recuperação financeira do Corinthians

Desde o início da gestão de Augusto Melo, o presidente contratou a empresa Ernst & Young para realizar uma auditoria no clube. Entre as sugestões, a companhia sugeriu a contratação de um CEO, iniciar com uma recuperação judicial e renegociar as dívidas de curto prazo. Entre os exemplos apresentados para uma virada de página, os especialistas sugeriram o Flamengo.

PUBLICIDADE

Os cálculos da Ernst & Young apuram uma dívida de aproximadamente R$ 2 bilhões, incluindo os passivos do clube e o financiamento que supera o valor de R$ 700 milhões pela Neo Química Arena. Portanto, o montante supera em quase R$ 500 milhões o valor em aberto que a gestão de Duílio Monteiro Alves apurava. A companhia também estima um pagamento de aproximadamente R$ 200 milhões em 2024, correspondendo apenas a juros.

Apesar de soluções radicais como declarar falência ou se tornar SAF, a empresa de auditoria cita como o exemplo o Flamengo. O Rubro-Negro contava com uma fonte de receita gigante, mas uma enorme dívida há dez anos atrás. Como método de melhoria, a companhia comenta um modelo parecido com o apresentado no Rubro-Negro em 2013 com um redirecionamento financeiro.

Portanto, o aconselhamento da companhia é criar um cenário parecido ao Flamengo. Logo, rendendo um período acima de meia década para uma recuperação financeira e se tornar um clube saudável financeiramente.

Para isso, o Corinthians teria que seguir as diretrizes sugeridas e ter paciência para a recuperação. As medidas devem ser apresentadas na “semana da transparência” iniciando nesta quinta-feira (09).

PUBLICIDADE
18+ | Jogue com responsabilidade | Aplicam-se os Termos e Condições | Conteúdo comercial