Home Futebol Flávio Prado aponta ‘jogador problema’ no futebol brasileiro hoje: “Perdeu a motivação”

Flávio Prado aponta ‘jogador problema’ no futebol brasileiro hoje: “Perdeu a motivação”

Jornalista analisa nova polêmica protagonizada por atacante e prevê troca de clube como possível solução para a carreira

Eder Bahúte
Eder Bahúte integra o time do Torcedores.com desde 2016. Na cobertura esportiva, atua como redator e tem como foco principal o futebol brasileiro, internacional e mídia esportiva. Diplomado pela Universidade Paulista, o profissional acumula experiência em radiojornalismo e mídia impressa, além de participação em eventos da Copa do Mundo e Paulistão.
Flávio Prado

Jornalista discursa durante transmissão na Jovem Pan - Reprodução/YouTube

Com o Brasileirão Serie A paralisado, o assunto que movimentou a mídia esportiva nestes últimos dias foi a foto vazada de Gabigol usando a camisa do Corinthians. Nesta semana, a direção do Flamengo agiu rápido e, além da multa no bolso, foi retirado dele o histórico número 10. Para Flávio Prado, Gabriel Barbosa sempre teve esse tipo de postura, mas com gols suas atitudes eram sempre minimizadas.

PUBLICIDADE

Na sua visão, o grande x da questão é que o atacante apresenta uma importante queda técnica e talvez não esteja mais motivado em defender as cores do time carioca.

“Problema do Gabigol não é usar a camisa do Corinthians, mas estar jogando um mal futebol. Gabigol sempre foi polêmico, sempre criou problemas, mas quando ele estava fazendo gols as coisas eram relevadas. Agora que ele parou de jogar e isso desde que foi excluído da Copa do Mundo de 2022, ele virou apenas um problema”, aponta Flávio Prado.

PUBLICIDADE

“Usar a camisa do Corinthians seria uma coisa a ser relegada como o SPFC relegou o caso do Arboleda com o Palmeiras se ele estivesse jogando bem. A verdade é parece que a motivação do Gabigol acabou no Flamengo e trocar de camisa seria solução, se é que ele vai conseguir voltar a ter vontade de jogar”, acrescentou.

Em nota, Gabigol diz respeitar a decisão da diretoria do Flamengo e promete honrar o clube carioca até o último dia do seu contrato. Vale lembrar que o vínculo do jogador termina em dezembro e, ao que tudo indica não será renovado.

Assim como Flávio Prado, Romário também repercute atitude de Gabigol

Presidente do América-RJ, Romário saiu em defesa de Gabigol após o atleta vestir a camisa de um clube rival. Segundo o Baixinho, a atitude não foi vista como desrespeitosa ao Rubro-Negro. Por outro lado, concordou com a punição dada ao jogador.

PUBLICIDADE

“Conheço o Gabigol, estivemos algumas vezes juntos, tenho um respeito por ele muito grande. Posso afirmar que esse gesto não foi em desrespeito ao Flamengo. Parabéns pela atitude da diretoria em ter multado e tirado a camisa 10 dele, mas afirmo para vocês que não fez em desrespeito”, analisou.

18+ | Jogue com responsabilidade | Aplicam-se os Termos e Condições | Conteúdo comercial