Home Futebol Gabi Portilho exalta Corinthians após vitória no Majestoso: “Nunca dependeu de nenhuma atleta”

Gabi Portilho exalta Corinthians após vitória no Majestoso: “Nunca dependeu de nenhuma atleta”

Atleta das Brabas comentou sobre sua atuação e ressaltou a união da equipe contra o rival no duelo pelo Brasileirão Feminino

Christopher Henrique
25 anos, jornalista, colaboro no Torcedores desde 2022, retornando à função de redator em 2024. Fã assíduo do automobilismo, de futebol e principalmente, do futebol alternativo, também sou narrador e criador do "O Tikitaka", com passagens pelo Dimensão Esportiva.

Rodrigo Gazzanel/Agência Corinthians

Neste domingo (12), o Corinthians venceu de virada o São Paulo por 3 a 2, em partida válida pela 10ª rodada do Brasileirão Feminino. Mesmo não sendo peça decisiva no resultado, Gabi Portilho comentou na zona mista após o Majestoso sobre o resultado positivo, que garantiu a invencibilidade do Timão e a classificação para as quartas de final da competição.

PUBLICIDADE

A atacante convocada por Arthur Elias para os amistosos da Seleção Brasileira em junho, cita que os adversários passaram a estudar mais o estillo de jogo das Brabas, o que dificulta suas ações ofensivas.

“Ultimamente está sendo bem dificil jogar, porque as equipes estudam bastante a gente, e sabe que eu gosto muito do individual, do 1 contra 1, e isso eu esto encontrando muita dificuldade, e estão me marcando muito bem, não deixando eu girar. Tá um pouco complicado e eu preciso sair disso”, disse a camisa 18.

PUBLICIDADE

Ressaltando a atuação da equipe, Portilho detalha que o Corinthians está entrosado e que a qualidade do elenco comandado por Lucas Piccinato é fundamental para a conquista dos atuais resultados: “A equipe como um todo, muito bom. A gente tem qualidade de todos os lados, de todas as formas, e isso que faz a diferença. O Corinthians nunca dependeu de nenhuma atleta”, completou.

Timão busca dois gols nos acréscimos e garante a vitória contra o Tricolor

Em um clássico com emoção do começo ao final, Corinthians e São Paulo duelaram de igual para igual na manhã quente da capital paulista. Após sair na frente com gol de Jheniffer, as Brabas viram as rivais virarem o marcador na etapa final, com gols de Mariana Santos e Bia Menezes.

Logo depois que o Timão ficou em desvantagem, Lucas Piccinato colocou Vic Albuquerque em campo, e a meia do clube alvinegro foi a peça chave para buscar o resultado e não deixar o São Paulo quebrar o tabu de nunca ter vencido em Itaquera.

Após empatar aos 49, Jaqueline ficou cara a cara com Carlinha para marcar o gol da virada, fazendo a festa das mais de 12 mil pessoas que foram ao estádio do Corinthians acompanhar o clássico no dia das mães.

PUBLICIDADE

O Corinthians volta a campo no futebol feminino no próximo domingo (19), às 11h, contra o Real Brasília, no Parque São Jorge.