Home Futebol Jamelli elege atleta “pedindo passagem” na seleção brasileira

Jamelli elege atleta “pedindo passagem” na seleção brasileira

Endrick é apontado por comentaristas como um atacante que precisa se tornar titular no Brasil

Beatriz Ojeda
Ex-atleta, formada em Letras e apaixonada por esportes desde sempre. Colaboradora do Torcedores por ser o melhor lugar para aliar as duas grandes paixões.
Endrick

Endrick e seleção brasileira treinando em Wembley (Créditos: Foto: Rafael Ribeiro / CBF)

Na última convocação de Dorival Júnior, Endrick foi o grande destaque da seleção brasileira. O jogador do Palmeiras, que chegará ao Real Madrid em junho de 2024, não foi titular, mas todas às vezes que saiu do banco de reservas se tornou decisivo. Portanto, para o comentarista Paulo Jamelli, o treinador do Brasil precisa analisar a vaga na ofensiva dos onze iniciais.

PUBLICIDADE

Paulo Jamelli elege Endrick como titular para seleção brasileira

Durante o programa Bola Rolando do Bandsports, os jornalistas esportivos analisaram a convocação de Dorival Júnior. Na sexta-feira (10), o técnico do Brasil publicou a lista de convocados iniciais para a Copa América, afirmando que, apesar de poder sofrer alterações, deve ser a mais provável para o torneio continental.

Paulo Jamelli acredita que, apesar das novidades na ofensiva, Endrick deve ser titular. O jornalista esportivo detalhou: “Acho que vão jogar os três, ainda o Endrick do Palmeiras. Os três do Real Madrid. O Endrick já vai para a Europa fazer a pré-temporada com o Real Madrid. Vini Jr., Endrick e Rodrygo são os que têm mais chance. Raphinha, talvez no lugar de Endrick. Mas, Endrick está pedindo passagem, está voando”.

PUBLICIDADE

Na opinião do comentarista esportivo, o jogador de apenas 17 anos, atuando da forma como ele está jogando, está pedindo passagem. Para Paulo Jamelli, o ataque da seleção brasileira tem atacantes de boa qualidade. A ofensiva do Brasil vive grande momento, apesar das novidades com Savinho e Evanílson. Dois nomes que, apesar de não estarem em equipes tradicionais na Europa, contam com atuações excelentes.

Finalmente, Paulo Jamelli acredita que Endrick pode se destacar ainda mais nos próximos dois amistosos e na Copa América pela seleção brasileira. Além da qualidade técnica e o bom momento com gols, o comentarista esportivo elogiou a desenvoltura física e a grande potência nas jogadas que permitem excelentes resultados.