Home Futebol Manchester City derrota Tottenham e fica mais próximo do título da Premier League

Manchester City derrota Tottenham e fica mais próximo do título da Premier League

Os citizens fizeram um bom jogo e Londres e conseguiram uma vitória muito importante por 2 a 0 contra os spurs; saiba mais

William Nunes
Formado em produção audiovisual pela PUCRS, William Nunes começou a trabalhar no Torcedores.com em 2022. Especialista em futebol internacional e fã da Premier League, escreve diariamente sobre os assuntos mais pertinentes do mundo da bola, com destaque para informações sobre Manchester United, City, Arsenal, Chelsea, Liverpool, Tottenham, Bayern de Munique, PSG, Barcelona e Real Madrid. Administrador de duas contas no YouTube, uma em inglês e outra em português. Conhecido nas redes sociais como "WilliamSkynyrd", trabalho escrevendo textos esportivos e fazendo vídeos de memes de gatos.
De Bruyne disputa a bola em partida entre Manchester City e Tottenham na Premier League

De Bruyne disputa a bola em partida entre Manchester City e Tottenham na Premier League (Julian Finney/Getty Images)

Nesta terça-feira, o Manchester City visitou o Tottenham em Londres para jogo válido pela Premier League.

PUBLICIDADE

De um lado, o time de Pep Guardiola está cada vez mais próximo do título do Campeonato Inglês, porém, para isso, precisava vencer o Tottenham de Ange Postecoglou em Londres, um time que, tradicionalmente, é uma “pedra de sapato” para o City.

Já o Tottenham precisava da vitória para manter a vantagem sobre os adversários para garantir a vagas nas competições europeias da próxima temporada. O time de Postecoglou está praticamente fora da Champions League após a vantagem que o Aston Villa abriu na quarta colocação, então a Europa League é uma possibilidade mais concreta.

PUBLICIDADE

Como foi o jogo entre Manchester City e Tottenham na Premier League?

A partida começou com o Tottenham tomando a iniciativa. Logo aos 6 minutos, Hojbjerg lançou Brennan Johnson e o atacante passou para Bentancur, que bateu para gol e forçou Ederson a fazer grande defesa.

Após uma pressão inicial do Tottenham, o Manchester City conseguiu assumir o controle da partida. Aos 16 minutos, Foden aproveitou erro de Hojbjerg para bater de primeira e forçar Vicario a se atirar para salvar.

Apesar do bom momento do City, o Tottenham não deixava de ser perigoso e mostrou isso aos 32 minutos. Brennan Johnson chegou na linha de fundo e cruzou na área. A bola desviou e Ederson fez o desvio providencial para mandar para escanteio.

Aos 38 minutos, nova chance do City. Walker levantou na área e quem apareceu foi Gvardiol, que finalizou de esquerda por cima do gol.

PUBLICIDADE

No finalzinho do primeiro tempo, Bernardo Silva teve grande chance. O atacante apareceu em boas condições e bateu colocado, mas o zagueiro Dragusin apareceu para afastar o perigo.

No início do segundo tempo, o Manchester City pressionou desde o início. Aos 2 minutos, De Bruyne mandou uma bomba para o gol após erro de passe da defesa e Vicario teve que se esticar para salvar.

Alguns minutos depois, o City abriu o placar. Bernardo Silva encontrou De Bruyne no ataque. O belga chegou na linha de fundo e cruzou na pequena área, onde Haaland apareceu para empurrar para o gol, 1 a 0.

O Tottenham conseguiu responder aos 26 minutos, quando Kulusevski ficou cara a cara com o goleiro Ortega, mas o atleta do City levou a melhor e defendeu.

PUBLICIDADE

Aos 33 minutos, Maddison cobrou escanteio curto para Kulusevski, que bateu de esquerda e a bola foi por cima do gol, assustando Ortega.

Aos 41 minutos, o Tottenham esteve muito próximo de marcar. Son recebeu passe muito bom de Johnson, ficando em frente ao goleiro adversário, mas bateu rasteiro e Ortega fez a defesa.

Após o Tottenham perder oportunidades boas, o Manchester City voltou a atacar nos minutos finais e conseguiu uma penalidade máxima a ser favor. Quem bateu foi Haaland, que cobrou no canto direito superior e fez o segundo, 2 a 0.

Apito final e vitória do City, que fica muito próximo do título da Premier League.

PUBLICIDADE