Home Futebol Torcedores do Paysandu detonam time por atitude e cobram punição: “Não existe” 

Torcedores do Paysandu detonam time por atitude e cobram punição: “Não existe” 

Papão da Curuzu teve mais um jogador expulso, desta vez contra o Amazonas, e é o time mais indisciplinado do Brasileirão Série B

Octávio Almeida Jr
Jornalista graduado pela Universidade da Amazônia (UNAMA), 29 anos. Repórter de campo pela Rádio Unama FM em duas finais de Campeonato Paraense (anos 2016 e 2017). Repórter no site Torcedores.com desde 2018.
Torcida do Paysandu

Torcida do Paysandu lota as arquibancadas do estádio Mangueirão (foto: Jorge Luís Totti/PSC)

O Paysandu empatou, neste sábado (dia 18 de maio de 2024), por 1 a 1 com o Amazonas. O resultado, entretanto, não foi o único fator que incomodou a torcida bicolor. O time, novamente, teve um jogador expulso. 

PUBLICIDADE

Crystopher foi advertido com cartão vermelho, depois de se envolver numa confusão com Miranda, nos acréscimos da etapa final. Após o jogo, o perfil oficial do clube alviceleste foi invadido, nas redes sociais. 

Internautas avaliaram que o Paysandu não pode ter jogadores expulsos com tanta frequência. Além disso, cobraram medidas internas.  

PUBLICIDADE

Veja a lista de expulsões 

O cartão vermelho recebido por Crystopher o foi quinto da equipe nortista, em jogos do Brasileirão Série B 2024. 

Bryan Borges foi expulso após ser duas vezes advertidos com cartão amarelo, no empate por 1 a 1 contra o Botafogo-SP. O zagueiro Quintana deixou o campo mais cedo, no empate sem gols frente ao Avaí. 

Edílson Júnior cometeu falta ríspida e Val Soares também foi expulso após reclamações. Os dois cartões vermelhos foram aplicados no empate por 1 a 1, diante do Goiás. 

Vale destacar que estas não são as únicas expulsões mais recentes. O Paysandu também acumulou cartões vermelhos durante a sequência de quatro clássicos seguidos contra o Remo. 

PUBLICIDADE

Ficha técnica – Amazonas x Paysandu 

Data: 18 de maio de 2024 

Local: estádio Arena da Amazônia (Manaus/Amazonas) 

Motivo: Brasileirão Série B (rodada 6) 

Horário: 17h30 (horário de Brasília) 

PUBLICIDADE

Amazonas: Marcão; Patric (Ezequiel), Miranda, Diogo Silva e Fabiano; Guilherme Xavier, Wendell (Pará) e Rafael Tavares (Diego Torres); Ênio (Igor Bolt), Bruno Lopes (Jô) e Matheus Serafim – treinador: Adilson Batista 

Paysandu: Matheus Nogueira; Léo Pereira, Quintana, Lucas Maia e Kevyn (Bryan Borges); João Vieira (Fraga), Leandro Vilela e Juninho (Crystopher); Esli García (Jean Dias), Ruan Ribeiro (Gabriel Santos) e Nicolas – treinador: Hélio dos Anjos 

Veja a repercussão a seguir: 

18+ | Jogue com responsabilidade | Aplicam-se os Termos e Condições | Conteúdo comercial