Home Futebol Wayne Rooney aponta ‘grande problema’ do Manchester United

Wayne Rooney aponta ‘grande problema’ do Manchester United

Ex-jogador dos red devils citou a falta de lideranças e referências dentro do plantel como o maior obstáculo da equipe

William Nunes
William Nunes é um redator que atua há dois anos cobrindo futebol internaciol, com ênfase em clubes da Inglaterra, Espanha e Alemanha, sendo eles: Manchester United, City, Arsenal, Chelsea, Liverpool, Bayern de Munique, Barcelona e Real Madrid. Graduado pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul em 2019. Atualmente no Torcedores.com.
Wayne Rooney tem trabalhado como treinador após a aposentadoria

Wayne Rooney tem trabalhado como treinador após a aposentadoria (SPP Sport Press Photo. /Alamy Live News)

O Manchester United segue sem conseguir se encontrar no futebol europeu após a saída de Alex Ferguson. O time inglês perdeu o protagonismo na Premier League e, mesmo com imensos investimentos em contratações, a equipe parece continuar sem conseguir montar um time competitivo.

PUBLICIDADE

Nesta semana, o ex-atacante do Manchester United, Wayne falou sobre as dificuldades que o time vem atravessando. Na sua visão, tudo isso se deve à falta de liderança dentro do time, que faça seus companheiros a sempre manter os padrões elevados.

Na época em que Rooney chegou ao Manchester United, o clube possuía veteranos que era líderes no vestiário, casos de Neville, Scholes Ryan Giggs e mesmo Roy Keane. Posteriormente, ele e outros atletas de sua geração assumiram a liderança.

PUBLICIDADE

“Eu diria que são necessários cinco jogadores em um vestiário que possam liderar uma equipe. Uma coisa que eu diria sobre o Manchester United agora é: olhe para o time e você ainda está fazendo perguntas sobre quem é o líder. Eu sei que Bruno(Fernandes) é o capitão, mas quem são os líderes lá?”, começou falando ele durante entrevista para o The Overlap, ainda acrescentando:

“Eu disse isso há algumas semanas, quando Marcus Rashford estava sendo criticado por sua linguagem corporal, acho que ele sempre foi assim. Em um momento difícil, você quer que ele trabalhe um pouco mais, é aí que os jogadores seniores têm que exigir isso dele. Essa é a única coisa que eu diria e não vejo”, falou.

“Cada vez que o Manchester United sofre um gol, a cabeça baixa demasiado rapidamente e quase pensamos que não há forma de voltarem ao jogo”, completou ele.

Manchester United carece de ídolos dentro do plantel

No passado recente, o Manchester United tinha nomes como Giggs, Scholes, Neville, Ferdinand e tantas outras peças que não somente eram os líderes dentro de campo, mas eram ídolos e criavam uma identificação com a torcida.

PUBLICIDADE

Desde então, muitos craques passaram pelo clube, entre eles Pogba, Dí Maria, Varane, Rashford, Casemiro. Entretanto, nenhum deles conseguiu se tornar um líder dentro do vestiário e manter essa identificação com a camisa e com a torcida.

O mais próximo disso neste momento são os jovens Garnacho e Mainoo, que além de serem excelentes jogadores, possuem muita identificação com o clube e podem vir a ser líderes dentro do plantel.

18+ | Jogue com responsabilidade | Aplicam-se os Termos e Condições | Conteúdo comercial