Home Mercado da Bola Bernardo Ramos detona ‘quase transferência’ de Dudu ao Cruzeiro: “Trairagem”

Bernardo Ramos detona ‘quase transferência’ de Dudu ao Cruzeiro: “Trairagem”

Atacante foi protagonista de um imbróglio envolvendo a Raposa e o Verdão que preocupou os torcedores

Beatriz Ojeda
Ex-atleta, formada em Letras e apaixonada por esportes desde sempre. Trabalho como redatora desde 2018, fazendo cobertura de mídia esportiva, futebol, tênis e esportes americanos. Sou colaboradora do Torcedores por ser o melhor lugar para aliar as duas grandes paixões.
Dudu

Dudu durante treino na Academia de Futebol (Foto: Cesar Greco/Palmeiras/by Canon)

O Palmeiras viveu um drama nos bastidores com o anúncio de acordo entre Dudu e Cruzeiro. Na sequência, a presidente Leila Pereira se posicionaria contando a postura inicial do atacante de pedir uma saída. Logo, o camisa 7 optaria pela permanência e a Raposa retiraria a oferta. Finalmente, Abel Ferreira bancou o atacante em entrevista coletiva após vitória contra o Atlético-MG.

PUBLICIDADE

Com esta sequência de fatos, as emoções dos torcedores em relação à situação de Dudu ficaram estremecidas. Apesar de que alguns membros da torcida perdoaram a quase transferência, o jornalista Bernardo Ramos se posicionou contrário à postura do atacante.

Bernardo Ramos critica postura do atacante

Em programa esportivo Bola Rolando da Bandsports, o comentarista esportivo comparou a situação de Dudu com as polêmicas recentes de Gabigol no Flamengo. Na análise, Bernardo Ramos completou: “Acho que foi uma completa trairagem o que ele fez com o Palmeiras, acho que parte da torcida vai contra o Dudu, uma parte vai ficar favorável. E a medida que ele for jogando, entrando e fazendo uns gols, vai ser eventualmente perdoado”.

PUBLICIDADE

Segundo o comentarista esportivo, a permanência de Dudu é uma derrota da Leila Pereira. Já que a presidente do Palmeiras não queria que o atacante ficasse no clube, como é nítida a postura na entrevista ao SporTV. Além disso, terá que arcar com o salário e a situação complexa nos bastidores, incluindo um acordo entre o Verdão, Cruzeiro e o atacante que não foi honrado.

Bernardo Ramos aponta que se o jogador recuou por conta da postura dos torcedores organizados, no mercado da bola será classificado como um atleta sem palavra. Logo explicou: “Ele sentiu a pressão até a manifestação, teve uma manifestação muito contundente do Ademir da Guia na rede social. Onde ele fala dobre a questão de idolatria e tal, de ter jogado no Palmeiras (…), me parece que aquilo pegou o Dudu, mas já era tarde demais”.

Por último, o jornalista apontou que Dudu não deveria precisar desta situação para entender seu papel como ídolo do Verdão. Diante deste cenário, Bernardo Ramos aponta incerteza sobre como será o ambiente no Palmeiras e Vitor Guedes crava que o camisa 7 não permanecerá após 2025.

18+ | Jogue com responsabilidade | Aplicam-se os Termos e Condições | Conteúdo comercial