Home Futebol Casagrande elege clube que está “indo para o buraco” no Brasileirão Série A

Casagrande elege clube que está “indo para o buraco” no Brasileirão Série A

Comentarista chamou atenção o Fluminense, lanterna da competição, que foi derrotado pelo Flamengo no Maracanã

Paulo Foles
Paulo Foles atua como redator do Torcedores.com desde 2018. Neste período, cobriu grandes eventos esportivos, incluindo a Copa do Mundo e Olimpíadas. Com passagem em "Futebol na Veia", "Esporte News Mundo", "The Playoffs" e outros, tem como foco o futebol brasileiro e internacional, além de experiências com NBA e NFL.
Walter Casagrande, ex-jogador e comentarista

Casagrande fala sobre o Brasileirão Série A 2024. Foto: Reprodução

Em clássico carioca neste domingo (23), o Fluminense perdeu para o Flamengo no Maracanã e se complicou ainda mais no Brasileirão Série A. Walter Casagrande, em seu blog no Uol, analisou o momento do Tricolor Carioca e criticou o desempenho do time nos últimos jogos:

PUBLICIDADE

“O time de Fernando Diniz foi amassado novamente, como vem acontecendo em todas as partidas do campeonato contra qualquer adversário até agora. Tite foi mais um que deitou e rolou no técnico do Flu”, disparou o ex-jogador.

O Rubro-Negro apresentou atuação superior ao longo dos 90 minutos, mas conseguiu marcar apenas na reta final do segundo tempo, com Pedro, de pênalti.

PUBLICIDADE

“O presidente Mário Bittencourt precisa pensar rápido, porque o Fluminense está indo para o buraco. Algum fato novo precisa acontecer para tentar motivar e melhorar o ambiente”, destacou o comentarista em alerta ao clube carioca.

“Demitir o Fernando Diniz é a solução? Talvez sim. Por que não? É um treinador com um único esquema, que não apresenta nada de novo, nem nas substituições que faz durante o jogo”, concluiu Walter Casagrande.

O Fluminense se mantém na lanterna do Brasileirão Série A, com apenas seis pontos em 11 rodadas. A situação é complicada e o próximo jogo é contra o Vitória, em casa, no Rio de Janeiro, na quinta-feira (27), às 19h (de Brasília).

Criticado por Casagrande, Diniz diz não não temer demissão do Fluminense após nova derrota no Brasileirão Série A

Após o Fla-Flu que determinou ao Tricolor das Laranejiras mais uma rodada na lanterna do Campeonato Brasileiro, o treinador falou sobre a situação. Em entrevista coletiva, o técnico descartou algum receio de que o clube deseje encerrar o contrato.

PUBLICIDADE

“Risco de demissão eu não tenho (medo). Não sou eu que me demito e me contrato. Não vou ter medo de ser demitido. Nunca tive isso na carreira”, disse.

“Tenho muita coerência no meu trabalho, mesmo que pese que é um momento ruim do Fluminense. Estamos tentando de tudo, dentro das minhas possibilidades, para ajudar o time a melhorar e conquistar as vitórias”, explicou o técnico do Fluminense.

Recentemente, no fim de maio, o presidente Mário Bittencourt anunciou a renovação de Diniz até o fim de 2025.

Campeão do Campeonato Carioca e Copa Libertadores da América em 2023, além da Recopa Sul-Americana neste ano, o treinador passa por pressão nas últimas semanas e é alvo de protestos de grande parte dos torcedores do clube das laranjeiras.

PUBLICIDADE
18+ | Jogue com responsabilidade | Aplicam-se os Termos e Condições | Conteúdo comercial