Home Futebol Casagrande elege personagem mais nocivo ao futebol brasileiro hoje

Casagrande elege personagem mais nocivo ao futebol brasileiro hoje

Comentarista destaca atuação fora dos gramados que tem atrapalhado e colocado em cheque a lisura do Brasileirão Série A

Marcel Rauen
Marcel Rauen é um jornalista formado na Universidade Estadual de Londrina (UEL) que atua na área esportiva há cerca de 15 anos. É fã e praticante de esportes em geral, mas principalmente de futebol. Escreve no Torcedores desde 2015 sobre o dia a dia dos clubes brasileiros e sobre a mídia esportiva
casagrande

Casagrande é ex-jogador e colunista do UOL Esporte (Reprodução/YouTube)

A expulsão de Hulk na derrota do Atlético-MG para o Palmeiras por 4 a 0, na Arena MRV, não agradou ao Galo. O time mineiro questionou a lisura da arbitragem do Brasileirão e informou que irá buscar uma empresa para avaliar possíveis fraudes em jogos. O assunto foi abordado por Casagrande durante o “UOL News Esporte“, desta quarta-feira (19).

PUBLICIDADE

De acordo com o ex-jogador, o Atlético-MG está seguindo o mesmo caminho de John Textor, dono da SAF do Botafogo. É previsto que o Galo faça a sua monitoria com o mesmo grupo contratado pelo Glorioso do Rio de Janeiro.

“Quanto mais times vão apoiando essa teoria conspiratória do mais nocivo personagem do futebol brasileiro da atualidade, que é o John Textor, eles vão se enfrentar em algum momento… e quando eles se enfrentarem, para que lado vai essa inteligência artificial? Se alguém for expulso ou prejudicado, vai abandonar a teoria do Textor?”, questionou Casagrande.

PUBLICIDADE

“Pode ficar engraçado se Botafogo e Atlético-MG se enfrentarem e o Hulk for expulso. Vamos ver se o Textor vai achar honesto a expulsão e se o Atlético-MG também vai achar honesto”, completou.

Casagrande ainda bateu forte no empresário norte-americano, que a cada rodada cria novos factóides para dizer que há corrupção no futebol brasileiro, mas sem provar nada.

“O Textor está inventando um movimento para jogar mais para baixo ainda o futebol brasileiro, que já está em baixa há muito tempo, não temos grandes jogadores, apesar do Campeonato Brasileiro ser o mais competitivo do futebol mundial”, finalizou o comentarista.

Criticado por Casagrande, Atlético-MG confirma que vai contratar empresa

Em entrevista recente ao “ge”, o presidente do Galo, Sérgio Coelho, confirmou a contratação da Good Game.

PUBLICIDADE

“Quando John Textor fez as denúncias que todos conhecemos, a maioria desacreditou, mas eu não. O que estamos vendo só corrobora com a fala de Textor. O Galo resolveu contratar a mesma empresa de inteligência artificial que assessora o Botafogo”, disse o dirigente.  

18+ | Jogue com responsabilidade | Aplicam-se os Termos e Condições | Conteúdo comercial