Home Futebol Confira as cinco maiores vendas do Palmeiras na história

Confira as cinco maiores vendas do Palmeiras na história

Verdão anunciou oficialmente a negociação com o Chelsea por Estêvão e se tornou maior venda da história

Beatriz Ojeda
Ex-atleta, formada em Letras e apaixonada por esportes desde sempre. Trabalho como redatora desde 2018, fazendo cobertura de mídia esportiva, futebol, tênis e esportes americanos. Sou colaboradora do Torcedores por ser o melhor lugar para aliar as duas grandes paixões.
Estêvão e Endrick

Estêvão e Endrick comemoram gol em treino do Palmeiras (Foto: Cesar Greco/Palmeiras/by Canon)

O Palmeiras hoje oficializou a venda do atacante Estêvão com o Chelsea garantindo o posto de maior venda da história do clube. A equipe é uma das principais formadoras de atletas e vive grande momento no mercado da bola. Nas últimas três temporadas, o Alviverde realizou três das vendas que estão no top-5, relembre.

PUBLICIDADE

Artur

O atacante foi negociado no final da temporada 2023. Formado nas categorias de base, Artur passou pelo Red Bull Bragantino e foi comprado novamente pelo Palmeiras no início de 2023. O jogador atraiu olhares internacionais e foi negociado com o Zenit da Rússia, logo após a conquista do Brasileirão Série A, rendendo 15 milhões de euros (aproximadamente R$ 87 milhões) aos cofres do clube.

Danilo

O meio-campista também foi formado nas categorias de base. Danilo ganhou destaque desde a chegada de Abel Ferreira ao comando e foi titular durante a maioria de 2022. No início de 2023, o Nottingham Forest da Inglaterra entrou em contato com a diretoria com uma proposta de 20 milhões de euros (aproximadamente R$ 116 milhões) pelo jogador.

PUBLICIDADE

Gabriel Jesus

O atacante formado nas categorias de base foi durante muitos anos a maior revelação da história da base do Verdão. Gabriel Jesus foi essencial durante o seu período no Palmeiras e teve, durante um bom período, o título de venda mais cara do clube. Em 2016, o atleta foi negociado com o Manchester City por 32 milhões de euros (aproximadamente R$ 185 milhões).

Endrick

O camisa 9 da seleção brasileira já deixou de ser uma promessa há muito tempo. O jogador, que se destacou com o Palmeiras em todas as categorias de base e encerrou o seu período no clube como titular, foi negociado com o Real Madrid em 2022. Até alguns dias, o atacante ocupava o lugar da venda mais cara da história do clube, já que, se cumprir todas as metas em contrato, o acordo pode chegar a 72 milhões de euros (aproximadamente R$ 4218 milhões).

Estêvão

Após semanas de especulações, o Chelsea e o Palmeiras finalmente concretizaram o negócio pelo atacante. O acordo de 61,5 milhões de euros é a maior venda da história do clube. Isso porque, desconsiderando os valores para impostos, os espanhóis pagaram 60 milhões de euros por Endrick. A venda de Estêvão está cravada em 45 milhões de euros fixos e 16,5 milhões de euros em metas, caso o atleta cumpra as bonificações, pode ser a negociação recorde do Verdão.

18+ | Jogue com responsabilidade | Aplicam-se os Termos e Condições | Conteúdo comercial