Home Futebol ⁠Craque Neto elege melhor dirigente do futebol brasileiro: “Tinha que ter um busto”

⁠Craque Neto elege melhor dirigente do futebol brasileiro: “Tinha que ter um busto”

Apresentador do Os Donos da Bola elogia cartola que recuperou time que estava quebrado e o colocou no topo do Brasil

Marcel Rauen
Marcel Rauen é um jornalista formado na Universidade Estadual de Londrina (UEL) que atua na área esportiva há cerca de 15 anos. É fã e praticante de esportes em geral, mas principalmente de futebol. Escreve no Torcedores desde 2015 sobre o dia a dia dos clubes brasileiros e sobre a mídia esportiva
Craque Neto durante programa "Os Donos da Bola"

Enquanto criticava fortemente a atual e as gestões passadas do Corinthians durante o programa Os Donos da Bola, da TV Band, o ex-jogador Craque Neto elogiou o, segundo ele, único dirigente do Brasil que merece aplausos no futebol brasileiro: Paulo Nobre, ex-presidente do Palmeiras.

PUBLICIDADE

“Único cara aqui nesse país que o torcedor tem que pagar pau, torcedor da Sociedade Esportiva Palmeiras, é o Paulo Nobre. Esse cara foi o mais importante da história de um clube de futebol. Ninguém foi mais importante que esse cara”, analisou o apresentador da atração.

Neto lembrou que Nobre assumiu o Palmeiras em 2013 quando a equipe havia acabado de ser rebaixada para a Série B e sem dinheiro para qualquer investimento, inclusive atrasando o pagamento das contas do dia a dia.

PUBLICIDADE

“Ninguém fez o que esse cara fez com um clube que estava quebrado. Um time que caiu duas vezes no Brasileiro, que não tinha dinheiro para pagar (conta de) luz. Não tinha dinheiro para comprar ninguém. Esse cara tinha que ter um busto no Palmeiras. Não é Abel, não é Leila, nem Galiotte. É o Paulo Nobre”, apontou Craque Neto.

O ex-dirigente do Verdão permaneceu como presidente por dois mandatos de dois anos cada e passou a administração do clube a Maurício Galiotte em 2017. Com Nobre o Palmeiras foi campeão da Copa do Brasil em 2015 e do Brasileirão em 2016.

Foi na gestão de Nobre também que o clube passou por uma revolução geral nas categorias de base e hoje colhe os frutos – lembrando que Galiotte e Leila deram sequência ao projeto vencedor.

Elogiado por Craque Neto, Paulo Nobre largou vida política no Palmeiras

Apesar de enorme sucesso que conseguiu no comando do Verdão, o ex-presidente decidiu deixar a vida política do clube logo após o fim de seu segundo mandato, em 2016.

PUBLICIDADE

Na época, Nobre ajudou seu então vice-presidente Maurício Galiotte a se eleger como o novo mandatário, mas não aceitou algumas decisões do ex-companheiro e acabou rachando a parceria.

Desde então, Paulo Nobre se comunica com os torcedores saudosos pelas redes sociais, geralmente em viagens para outros países para acompanhar torneios de tênis ao redor do mundo.

18+ | Jogue com responsabilidade | Aplicam-se os Termos e Condições | Conteúdo comercial