Home Futebol Dodô esquece Endrick e crava 9 ideal para a seleção brasileira: “Eu prefiro”

Dodô esquece Endrick e crava 9 ideal para a seleção brasileira: “Eu prefiro”

Ex-atacante não enxerga ex-Palmeiras pronto para tal responsabilidade e indica outro centroavante mais completo

Eder Bahúte
Eder Bahúte integra o time do Torcedores.com desde 2016. Na cobertura esportiva, atua como redator e tem como foco principal o futebol brasileiro, internacional e mídia esportiva. Diplomado pela Universidade Paulista, o profissional acumula experiência em radiojornalismo e mídia impressa, além de participação em eventos da Copa do Mundo e Paulistão.
Dodô

Endrick em ação pela seleção brasileira - Divulgação/CBF

O dono da camisa 9 da seleção brasileira hoje atende pelo nome de Endrick. Com apenas 17 anos, o atacante que agora pertence ao Real Madrid tem a Incumbência de ser o homem gol do Brasil na Copa América e futuramente no Mundial de 2026. Dodô, porém, não acredita que o mesmo esteja preparado para assumir tamanha pressão.

PUBLICIDADE

Em entrevista ao Charla Podcast, o ex-jogador do SPFC, Santos, entre outros times entende que no momento o principal centroavante brasileiro é Pedro, do Flamengo. Na sua visão, o artilheiro rubro-negro na temporada se mostra mais completo.

“Eu acho que a gente tem…o Endrick e o Vitor Roque que são promessas para ser o 9 da seleção. São realidades aqui no Brasil, mas a nível de seleção acho que tem esperar mais um pouco. Eu prefiro o Pedro, qualidade técnica alta. Eu não abriria mão do Pedro”, afirma Dodô, que avalia outros atacantes que recentemete foram chamados.

PUBLICIDADE

“Richarlison pode fazer o lado, Gabriel Jesus, Matheus Cunha pode fazer o corredor, mas não tem o gol como característica como o Pedro tem”, acrescenta.

Na atual temporada, Pedro tem 26 partidas, sendo 21 gols marcados e responsável por três assistências. É o grande artilheiro e titular absoluto desde a chegada de Tite.

“Ele sai da área e sabe jogar. Dentro da realidade nossa do futebol. Claro que se você olha pra fora você vai ver jogadores num nível mais alta até de intensidade de jogo. Agora, ele poderia estar no grupo da Copa América. Tranquilamente”, elogia Dodô.

Citado por Dodô, Pedro lidera estatísticas de participações em gols no Brasil

Presente na Copa do Mundo do Catar, Pedro ficou esquecido na seleção brasileira e assim também tem sido com Dorival Júnior. Nas primeiras convocações, o camisa 9 do Flamengo não foi lembrado e assim aconteceu na lista para a disputa da Copa América.

PUBLICIDADE

Desde 2020, Pedro é o jogador que mais participa de gols no futebol brasileiro. São 126 tentos no total, além de 25 assistências.

18+ | Jogue com responsabilidade | Aplicam-se os Termos e Condições | Conteúdo comercial