Home Futebol Dorival Júnior fala sobre titularidade de Endrick na seleção: “É questão de tempo”

Dorival Júnior fala sobre titularidade de Endrick na seleção: “É questão de tempo”

O treinador citou a qualidade do atacante do Palmeiras, afirmando que ele pode ir ocupando mais espaço à medida que for amadurecendo

William Nunes
William Nunes é um redator que atua há dois anos cobrindo futebol internaciol, com ênfase em clubes da Inglaterra, Espanha e Alemanha, sendo eles: Manchester United, City, Arsenal, Chelsea, Liverpool, Bayern de Munique, Barcelona e Real Madrid. Graduado pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul em 2019. Atualmente no Torcedores.com.
Endrick comemora gol marcado pela seleção brasileira

Endrick comemora gol marcado pela seleção brasileira (Soccer Images / Alamy Stock Photo)

Neste sábado, o Brasil enfrenta o México em um amistoso preparatório para a Copa América, que se inicia no final do mês.

PUBLICIDADE

O treinador Dorival Júnior, que comanda a seleção brasileira no jogo que acontece nos Estados Unidos, falou sobre uma das maiores jovens da equipe, o atacante Endrick.

O técnico se acostumou a lapidar jovens em início de carreira, como Neymar, por exemplo, e diante disso, tem um olhar especial na forma de lidar com esses.

PUBLICIDADE

Antes do confronto deste sábado, Dorival Júnior comentou sobre Endrick, afirmando que seria questão de tempo até o atacante se tornar titular:

“É um jogador que depende única e exclusivamente dele ocupar um espaço. Tudo é questão de tempo, amadurecimento naturalmente e oportunidade. Acredito que ele vá ter por tudo que vem demonstrando, tanto no Palmeiras, quanto na seleção brasileira”, falou ele.

Coordenador da seleção brasileira também falou sobre Endrick

Além das falas de Dorival Júnior, outro que está tratando com muito cuidado a evolução do jovem brasileiro é o coordenador da seleção, Rodrigo Caetano, que relatou como vem sendo a preparação dele:

“O fato é: nós fazemos ao contrário do que nos clubes, fazer com que todos se sintam iguais, independentemente da idade. Nós tentamos equilibrar a importância de todos eles. São todos jogadores importantes, jogadores de destaques das suas equipes. É meio que um caminho inverso, diferentemente de clube, quando o garoto ainda está fazendo a transição, ainda não teve uma minutagem tão grande”, falou.

PUBLICIDADE

O coordenador ainda acrescentou, falando sobre a qualidade e a concentração de Endrick:

“Apesar de jovem, apesar de garoto, enfoca uma concentração muito grande, tanto no treino como no jogo, não por acaso que isso acaba se traduzindo nos jogos também”, completou.

18+ | Jogue com responsabilidade | Aplicam-se os Termos e Condições | Conteúdo comercial