Home Esportes Olímpicos Martine Grael e Kahena Kunze buscam ser tricampeãs de vela feminina nas Olimpíadas de Paris; conheça a dupla

Martine Grael e Kahena Kunze buscam ser tricampeãs de vela feminina nas Olimpíadas de Paris; conheça a dupla

As velejadoras vão para os Jogos Olímpicos deste ano após conquistarem a medalha de ouro nas duas últimas edições das provas na categorias 49erFX

Daniel Linhares
Daniel Linhares é um jornalista que atua como editor e redator de esportes, especialmente de futebol masculino. Formado na Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho” (UNESP), é bacharel em Comunicação Social: Jornalismo desde 2018 e trabalhou anteriormente como redator em agência de publicidade. Atualmente no Torcedores.com.
Martine Grael e Kahena Kunze nas Olimpíadas

Martine Grael (à esquerda) e Kahena Kunze (à direita) com a medalha de ouro nas Olimpíadas de Tóquio em 2021. (Créditos: AP Photo/Bernat Armangue)

Martine Grael e Kahena Kunze disputavam uma contra a outra em competições juvenis de vela feminina. Depois, passaram a formar dupla, foram campeãs ainda em etapas de jovens, separaram caminhos e se reuniriam para conquistarem títulos, incluindo duas medalhas de ouro consecutivas nas Olimpíadas.

PUBLICIDADE

O esporte vem ‘de berço’ para as velejadoras brasileiras que formam uma parceria de sucesso. Enquanto Kahena Kunze é filha de Claudio Kunze, campeão mundial júnior da classe pinguim em 1983, Martine Grael é filha de Torben Grael, cinco vezes ouro na vela em Olimpíadas, e sobrinha de Lars Grael, duas vezes ouro em Jogos Olímpicos.

Amigas de infância, mas rivais em competições juvenis, as duas decidiram formar dupla e foram campeãs mundiais júnior em 2009, na categoria 420.

PUBLICIDADE

Porém, segundo o perfil da atleta no site do COB, Martine escolheu parceria com Isabel Swan para tentar vaga nas Olimpíadas de Londres, em 2012, sem conseguir a participação na competição.

Martine Grael e Kahena Kunze decidiram retomar a parceria, decisão que acabou por colocar as conquistas no caminho das velejadoras. Desde então, a dupla foi campeã mundial em 2014, além de ficar com mais três pratas e um bronze na competição.

Nas Olimpíadas do Rio de Janeiro, em 2016, Martine Grael e Kahena Kunze ganharam medalha de ouro na categoria 49erFX, sendo as primeiras a subirem no pódio da história da vela feminina no Brasil. Já em Tóquio, em 2021, as velejadoras repetiram a dose sseguraram o bicampeonato olímpico. Confira abaixo a lista de medalhas da dupla Martine Grael e Kahena Kunze na categoria 49erFX :

  • Campeonato Mundial: ouro em Santander 2014, prata em Marselha 2013, Buenos Aires 2015, Matosinhos 2017 e Auckland 2019, e bronze em Mussanah 2021;
  • Jogos Pan-Americanos: ouro em Lima 2019 e Santiago 2023, e prata em Toronto 2015;
  • Olimpíadas: ouro em Rio 2016 e Tóquio 2020;

Com Martine Grael e Kahena Kunze entre os destaques na vela feminina, provas do esporte tem datas definidas nas Olimpíadas de Paris

Modalidade esportiva que mais trouxe medalhas para o Brasil em Jogos Olímpicos, a programação já está determinada e vai de 28 de julho a 8 de agosto, conforme aponta o site oficial do evento.

PUBLICIDADE

A dupla Martine Grael e Kahena Kunze iniciam a competição para serem tricampeãs das Olimpíadas a partir de 28 de julho, na categoria skiff (49erFX). Além das velejadoras, no mesmo dia serão realizadas provas de windsurf masculino e feminino, além do skiff masculino

18+ | Jogue com responsabilidade | Aplicam-se os Termos e Condições | Conteúdo comercial