Home Futebol Rizek elenca motivos para a crise institucional do Corinthians

Rizek elenca motivos para a crise institucional do Corinthians

Timão perdeu o seu patrocínio máster e vive instabilidade nos bastidores da diretoria do clube

Beatriz Ojeda
Ex-atleta, formada em Letras e apaixonada por esportes desde sempre. Trabalho como redatora desde 2018, fazendo cobertura de mídia esportiva, futebol, tênis e esportes americanos. Sou colaboradora do Torcedores por ser o melhor lugar para aliar as duas grandes paixões.
Augusto Melo

Augusto Melo no Parque São Jorge (Créditos: Rodrigo Coca/ Ag. Corinthians)

O Corinthians hoje passa por um dos seus momentos de maior fragilidade após uma crise envolvendo o pagamento da comissão do seu patrocínio máster e perda do acordo. A situação está rendendo investigações internas e da Polícia Civil, repercutiu em afastamentos e demissões de dirigentes e pode acabar com o mandato de Augusto Melo.

PUBLICIDADE

Além disso, o Timão lida há algumas temporadas com uma situação financeira delicada e está prestes a perder o seu goleiro titular para o futebol inglês. No meio a problemas internos e resultados nos gramados, o jornalista André Rizek fez uma leitura sobre a situação institucional do clube.

André Rizek detona administração do Corinthians

Em vídeo publicado no Globo Esporte, o comentarista esportivo abriu o jogo sobre a situação do Timão. Na opinião de Rizek, o Corinthians iniciou a sexta-feira (07) com a notícia de que poderia perder o goleiro Carlos Miguel ao Nottingham Forest. O clube inglês está interessado na contratação após descobrir que a multa rescisória do jogador é de apenas 4 milhões de euros atualmente, sendo que anteriormente era de 50 milhões de euros.

PUBLICIDADE

Para o comentarista esportivo, “é tão absurdo que parece até sabotagem” e parabenizou os envolvidos. André Rizek relembrou que a diretoria atual liberou Cássio para o Cruzeiro e quando você observa o elenco do Timão, há apenas dois goleiros atualmente: Carlos Miguel e Matheus Donelli. Logo, se o titular sair, restará apenas a possibilidade de trazer um jogador da base até contratar um novo jogador.

Ironicamente, André Rizek apontou que o Corinthians pode acionar Gustavo Henrique no gol, como já aconteceu no Paulistão. Na opinião do comentarista esportivo, a situação é clara: “É muito amadorismo. O Corinthians está ticando todos os pontos de uma instituição prestes a explodir, parece uma bomba relógio. Dívidas, crise financeira, crise administrativa, crise política, crise de ética, time no Z4”.

Por último, André Rizek apontou os culpados para a situação atual do Corinthians, relembrando que a equipe está há anos sendo mal administrada. E alertou o clube sobre o seu futuro por ser um clube associativo, e afirma que pode realmente acabar com a história da equipe se não estiver em mãos de pessoas competentes. 

18+ | Jogue com responsabilidade | Aplicam-se os Termos e Condições | Conteúdo comercial