Home Futebol Veja as opções de Ancelotti para encaixar Mbappé no Real Madrid

Veja as opções de Ancelotti para encaixar Mbappé no Real Madrid

Atacante chegará a um time entrosado e vitorioso dando “dor de cabeça” boa para o treinador italiano

Beatriz Ojeda
Ex-atleta, formada em Letras e apaixonada por esportes desde sempre. Trabalho como redatora desde 2018, fazendo cobertura de mídia esportiva, futebol, tênis e esportes americanos. Sou colaboradora do Torcedores por ser o melhor lugar para aliar as duas grandes paixões.
Carlo Ancelotti

Carlo Ancelotti e elenco do Real Madrid comemorando a última Champions League (Créditos: Twitter Real Madrid)

Com o anúncio oficial de Mbappé no Real Madrid, o time espanhol se prepara para uma nova era galática com ainda mais estrelas. Em um elenco vencedor, os torcedores se perguntam com frequência como será o esquema tático do clube espanhol após a chegada do atacante francês e também a integração de Endrick ao plantel.

PUBLICIDADE

A situação parece não ter permanecido apenas nas preocupações da torcida. Recentemente, o atacante Rodrygo se manifestou à mídia esportiva internacional afirmando que o Manchester City era o maior time do mundo. Os comentários geraram desconforto na diretoria, que não descartaria uma negociação.

Entretanto, existe o fato de que Mbappé trará mudanças no esquema tático de Carlo Ancelotti. Com a aposentadoria de Toni Kroos, novos espaços devem surgir no meio-campo, mas o Real Madrid gerará uma dor de cabeça positiva para o treinador italiano, que tem várias possibilidades de escalação.

PUBLICIDADE

Possibilidades táticas do Real Madrid com Mbappé

Provavelmente, o técnico Ancelotti também se questiona esta situação e a resposta de um onze inicial deve acontecer com tempo. Uma realidade é que tanto Vinícius Júnior, Mbappé e Rodrygo preferem atuar no setor esquerdo do campo, mas haverá que se adaptar para chegar ao encaixe perfeito.

Uma possibilidade é escalar Valverde mais recuado, justamente na posição deixada por Toni Kroos. Na sequência, Rodrygo na ponta-direita e Vinícius Júnior e Mbappé alternando no outro setor do campo. Logo, Jude Bellingham finalizaria o esquema como meia-atacante em um esquema 4-3-3. Neste cenário, Endrick atuaria como reserva do camisa 11.

Por outro lado, também existe a possibilidade de Bellingham atuar mais recuado junto com Rodrygo, ambos como meia-atacantes. A parte mais ofensiva seria uma dupla de ataque de Vinícius Júnior e Mbappé, em um esquema extremamente vertical. Entretanto, apenas o tempo dirá quais são as chances de escalação para as quatro maiores estrelas do Real Madrid.

18+ | Jogue com responsabilidade | Aplicam-se os Termos e Condições | Conteúdo comercial