Home Futebol Craque Neto aponta maior batedor de pênaltis da história

Craque Neto aponta maior batedor de pênaltis da história

Ex-jogador relembrou episódio ocorrido na Copa do Mundo 2022 e a situação de eliminação na Copa América para fazer apontamento

Cido Vieira
Cido Vieira é um jornalista graduado no Centro Universitário Uninter que trabalha como redator no Torcedores.com desde 2017, com cobertura focada em futebol brasileiro e mídia esportiva. Acumula dentro de sua trajetória na profissão experiência na área radiofônica, sendo setorista de clubes pernambucanos, cobrindo Brasileirão e Copa do Nordeste.
Craque Neto, ex-jogador

Craque Neto nos bastidores de programa da Band (Reprodução - YouTube)

Conhecido por opiniões contundentes, o apresentador Craque Neto repercutiu a eliminação da seleção brasileira nas quartas de final da Copa América para o Uruguai nas penalidades. Ao criticar a forma que os atletas do escrete nacional foram para a batida, ele foi enfático ao destacar o melhor batedor de pênalti que ele já viu no futebol. As declarações foram dadas no programa “Apito Final” deste domingo (07).

PUBLICIDADE

Segundo o ex-jogador, Aílton Lira, lendário jogador do Santos nas décadas de 1970 e 1980, foi o melhor no fundamento, seguido de Neymar. No raciocínio, ele aproveitou para relembrar a queda do Brasil na Copa do Catar, quando Neymar, segundo melhor batedor da história na ótica do Craque Neto, não foi para a primeira cobrança.

“Na Copa do Mundo, eu tomei um processo do Tite, o Neymar que é o melhor batedor de pênalti, depois do Aílton Lira, que foi o melhor que eu vi, não pegou a bola. Quem pegou a bola? Rodrygo. Menino. Perdeu”, disparou o Craque Neto.

PUBLICIDADE

“Aí o último pênalti que era pra passar, quem bateu? Marquinhos. Nunca bateu um pênalti na carreira. O Neymar é que tinha que bater o pênalti decisivo”, reforçou o ex-jogador. Na oportunidade, o camisa 10 foi escolhido para ser o quinto batedor, mas como a disputa acabou antes, o atacante não converteu sua penalidade.

Craque Neto vê Corinthians próximo da degola

Ainda no programa deste domingo (07), o apresentador prospectou o cenário delicado vivenciado pelo Corinthians no Brasileirão, após o revés de 3 a 0 diante do Cruzeiro, e se disse cada vez mais convencido que o alvinegro será rebaixado por toda a situação amargada nos bastidores em termos administrativos e crise financeira, que refletem diretamente dentro das quatro linhas.

Diante do resultado negativo em Belo Horizonte, o Timão segue estacionado nos 12 pontos, na 17ª posição da tabela, podendo ser ultrapassado pelo Atlético-GO no fechamento da rodada.

18+ | Jogue com responsabilidade | Aplicam-se os Termos e Condições | Conteúdo comercial