Neymar dá invertida em repórter que questionou seu comprometimento: “Olha no meu olho enquanto falo”

Em entrevista coletiva na tarde desta terça-feira (26), Neymar teve um pequeno “entreveiro” com um jornalista que questionou o seu comprometimento na Seleção Brasileira. Após o questionamento, o craque do Barcelona, que estava incomodado com a pergunta, se mostrou aborrecido com a falta de atenção do repórter durante sua resposta.

Péterson Neves
Jornalista com passagens pelo Portal R7, Jornal do Trem, Impacto Comunicação, Dialoog Comunicação e Comunicale. Contato: petersongneves@gmail.com

Crédito: Crédito da foto: Reprodução/Canal da CBF no Youtube

LEIA MAIS:
CASAGRANDE CONTA QUAL O ÚNICO JOGO QUE GOSTARIA DE TER JOGADO PELO TIMÃO APÓS APOSENTADORIA
PRASS REBATE REPÓRTER QUE DISSE QUE ELE ESTÁ EM FIM DE CARREIRA: “TENHO MUITA LENHA PARA QUEIMAR”
GABIGOL ESTÁ “FELIZ” POR TER A CHANDE DE REEDITAR DUPLA COM NEYMAR NA SELEÇÃO OLÍMPICA

Para questionar seu comportamento, o profissional fez um pequeno histórico lembrando das baladas enquanto o Brasil atuava em campo, da ostentação nas redes sociais e levou uma invertida do atacante na resposta. “Você tem que começar a ver o que faço dentro de campo, minhas coisas particulares são minhas. Eu tô falando com você, tem como olhar no meu olho enquanto falo, por gentileza? Você me pergunta, então vamos olhar no olho para ter um clima de amigo. Sem ficar chateado. Você tem que me cobrar em campo, mas tenho minha vida particular, tenho 24 anos, tenho minhas conquistas, minhas coisas, e sou muito tranquilo quanto a isso. Tenho meus erros, não sou perfeito”, disse.

Em continuação da resposta, o principal astro da seleção de Rogério Micale pede que sua vida fora das quatro linhas seja respeitada. “Eu tenho amigos, tenho família, por que não posso ir para a balada? Eu posso, eu vou, e não vejo problema nenhum, é minha vida particular. Dentro de campo eu sempre me entrego, tento fazer meu melhor, acabo errando, como errei muitas vezes e ainda vou errar. É normal para um ser humano. Estou aprendendo cada vez mais com meninos mais novos do que eu”, comentou.

Por fim, o jogador diz que não levou para o lado negativo a pergunta do profissional e deu uma leve alfinetada.”Achei sua pergunta maldosa, mas respondo sem maldade. Se você tivesse 24 anos, tivesse tudo que eu ganhei e tudo que eu tenho, você seria o mesmo? Só isso que te pergunto”, finalizou.

Assista a coletiva do atacante brasileiro: