Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Danilo Avelar não é o primeiro; relembre casos de laterais que viraram zagueiros

Danilo Avelar, camisa 35 do Corinthians, foi realocado para zagueiro no alvinegro. Adaptação não é novidade dentro do futebol

Matheus Expedito
Jornalista formado pela Faculdade Cásper Líbero. 22 anos. Amante do esporte bem jogado e admirador de boas histórias.

Crédito: Rodrigo Coca / Agência Corinthians

O torcedor do Corinthians recebeu uma notícia um tanto curiosa do novo técnico Tiago Nunes, na reapresentação da equipe nessa semana. Trata-se da improvisação do lateral-esquerdo, Danilo Avelar, como zagueiro no alvinegro. Ele estava cotado para deixar o clube nesse início de temporada, mas aceitou a mudança de posição dentro das quatro linhas para permanecer no Parque São Jorge.

Você conhece o canal do Torcedores no Youtube? Clique e se inscreva!
Siga o Torcedores também no Instagram

Embora seja uma situação incomum dentro do futebol, outros jogadores fizeram a mesma transição, seja por necessidade ou adequação das características. Justamente por isso o corintiano é visto como um potencial zagueiro. Avelar foi criticado pela falta de efetividade na lateral, mas teve bons números de interceptações e desarmes, além de ter uma boa estatura: 1,85 metros.

Tendo em vista essa situação, o Torcedores relembrou de outros laterais que se aventuraram como zagueiros:

Sérgio Ramos

O caso mais emblemático no futebol mundial foi do espanhol Sérgio Ramos, que surgiu no Sevilla como um potencial lateral-direito. Foi contratado pelo Real Madrid ainda jovem, pedido pelo brasileiro Vanderlei Luxemburgo, que se aventurava no Santiago Bernabeu. No clube madridista foi colocado como zagueiro e é dono da posição há mais de uma década.

Essa adaptação também foi aproveitada na Seleção Espanhola, formando duplas com os rivais Carles Puyol e, posteriormente, Gerard Piqué.

Marquinhos

Muita gente não sabe, mas o zagueiro Marquinhos, do Paris Saint-Germain e da Seleção Brasileira, começou como lateral-direito nas categorias de base do Corinthians. Tanto que sua primeira oportunidade na equipe profissional foi ocupando a posição, em uma partida amistosa contra o Grêmio Osasco, em 2011. Alguns treinadores do PSG já utilizaram o brasileiro na função.

Maldini

Outra lenda do futebol mundial que encarou a transição foi Paolo Maldini, que no início da carreira era lateral-esquerdo. O ídolo do Milan e da Seleção Italiana sempre foi elogiado por sua grande qualidade nos passes e na marcação, o que tornou a mudança ainda mais tranquila. Fez mais de 1000 partidas como jogador profissional alternando nas duas funções.

Danilo Silva

Muito menos badalado que os outros integrantes dessa lista, o brasileiro Danilo Silva também mudou de posição no decorrer da carreira. Ele iniciou sua carreira como lateral-direito pelo Guarani, do interior de São Paulo. No futebol da Ucrânia se encaixou como beque e foi titular do Dinamo de Kiev por várias temporadas.

 

LEIA MAIS: