No Golden score, penalidade garante a Daniel Cargnin o bronze no GP de Tel Aviv

A medalha garantiu ao brasileiro 350 pontos no ranking da Federação Internacional de Judô

Bárbara Ribeiro
Colaboradora do Torcedores.com.

Crédito: Reprodução/Instagram

Uma pegada irregular do anfitrião israelense, Baruch Shmailov, no golden score garantiu a única medalha do Brasil nesta quinta-feira-feira no Grand Prix de Tel Aviv. Na categoria até 66kg, Daniel Cargnin perdeu nas quartas de final, mas se recuperou na repescagem e conquistou o bronze.

Você conhece o canal do Torcedores no Youtube? Clique e se inscreva!
Siga o Torcedores também no Instagram

No primeiro dia do Grand Prix de Tel Aviv o judô brasileiro foi representado por nove atletas. Eric Takabatake, Nathália Brigida, Sarah Menezes e Ketelyn Nascimento foram eliminados nas oitavas de final de suas respectivas categorias. Além deles, Eleudis Valentim, Gabriela Chibana, Willian Lima e Felipe Kitadai também entraram no tatame, mas perderam na primeira luta.

O caminho de Daniel Cargnin em Tel Aviv

Cargnin teve um começo animador nesta quinta. Cabeça-de-chave, estreou com vitória por ippon sobre o canadense Jacob Valois. Na fase seguinte superou o cazaque Artur Te no golden score, com um waza-ari. Nas quartas de final, no entanto, foi justo um waza-ari alcançado pelo anfitrião Tal Flicker, que impediu o brasileiro de ir à semifinal. Na repescagem contra o peruano Juan Postigos, Daniel Cargninsofreu uma punição (shido), mas conseguiu controlar a luta e venceu com um ippon.

Na luta pelo bronze Daniel Cargnin diante de Baruch Shmailov, de Israel, a medalha veio após o brasileiro forçar três punições do adversário no golden score. As duas primeiras foram por falta de combate. Com o resultado, o brasileiro que entrou na competição como o número 7 do Mundo, garantiu 350 pontos no ranking mundial, importantes na briga por uma vaga nos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020.

Segundo dia de disputas

Nesta sexta-feira, o Brasil terá outros oito atletas em ação na competição de Israel. Ketleyn Quadros (63kg), Alexia Castilhos (63kg), Maria Portela (70kg), Ellen Santana (70kg), David Lima (73kg), Eduardo Katsuhiro (73kg), Eduardo Yudy (81kg) e João Macedo (81kg) serão os representantes do país.

As preliminares serão disputadas às 4h30 (de Brasília), enquanto as disputas de medalhas acontecem às 12h.

Leia mais: