Em despedida, Hudson lamenta falta de títulos no São Paulo e diz sair de cabeça erguida

Volante Hudson deixa o São Paulo por conta do alto salário e deve ser anunciado no Fluminense

Péterson Neves
Jornalista com passagens pelo Portal R7, Jornal do Trem, Impacto Comunicação, Dialoog Comunicação e Comunicale. Contato: petersongneves@gmail.com

Crédito: Érico Leonan / saopaulofc.net

Fora dos planos do São Paulo em 2020 devido aos vencimentos elevados, o volante Hudson se despediu do Tricolor e de sua torcida via redes sociais na noite desta quarta-feira (8). O jogador de 30 anos não confirmou o destino, mas tem acordo encaminhado para jogar no Fluminense por empréstimo em 2020.

Cartão de crédito sem anuidade? Abra sua conta Meu BMG agora!

Você conhece o canal do Torcedores no Youtube? Clique e se inscreva!
Siga o Torcedores também no Instagram

“A vida é feita de ciclos, uns terminam para que outros comecem. Sou e serei eternamente grato ao São Paulo por tudo no futebol e principalmente na vida. Foi aqui que mais amadureci, que mais cresci como ser humano. Foi o clube que mais tempo fiquei e mais jogos joguei, tive a honra e a responsabilidade de carregar a faixa de capitão por vários jogos, faixa na qual passou no braço dos maiores ídolos desce grandioso clube”, escreveu Hudson em seu Instagram.

A princípio, o volante estava nos planos do técnico Fernando Diniz para a temporada, mas o desejo do treinador em recuá-lo para a defesa não agradou e o atleta foi liberado para buscar outro clube já que possui vencimentos elevados para ficar na condição de reserva.

“Tive meus altos e baixos, e queria muito um título, mas infelizmente não veio, o título simbólico do primeiro turno do brasileiro de 2018 acabou sendo frustrante pelo restante do campeonato, o vice campeonato brasileiro em 2014, a libertadores de 2016 e o vice campeonato paulista de 2019, foram gostinhos amargos que não foram fáceis de superar. Quero agradecer a todos que confiaram e torceram por mim durante esse período, saio de cabeça erguida e extremamente honrado por todo esse tempo, foram quase 200 jogos que eu jamais esquecerei”, completou.

Na publicação de despedida, Hudson aproveita também para deseja que 2020 seja um ano de conquistas e agradeceu o carinho dos profissionais são-paulinos pela ajuda enquanto esteve no clube.

“Que 2020 seja um ano melhor pra todos, que Deus abençoe cada um, jogadores, comissão técnica, todo o staff, as pessoas que fazem o clube funcionar, roupeiros, massagistas, departamento médico, diretoria e principalmente torcedores, vocês são a força, são vocês que motivam, que dão energia, porque é a alegria de vocês que faz tudo fazer sentido no futebol”, finalizou.

Hudson foi contratado pelo São Paulo em 2014 após se destacar com a camisa do Botafogo-SP. Em seis anos de clube, tirando 2017 em que atuou emprestado ao Cruzeiro, o volante disptuou 194 jogos pelo Tricolor e marcou seis gols.

View this post on Instagram

A vida é feita de ciclos, uns terminam para que outros comecem. Sou e serei eternamente grato ao @saopaulofc por tudo no futebol e principalmente na vida. Foi aqui que mais amadureci, que mais cresci como ser humano. Foi o clube que mais tempo fiquei e mais jogos joguei, tive a honra e a responsabilidade de carregar a faixa de capitão por vários jogos, faixa na qual passou nos braços dos maiores ídolos desse grandioso clube. Tive meus altos e baixos, e queria muito um título, mas infelizmente não veio, o título simbólico do primeiro turno do brasileiro de 2018 acabou sendo frustrante pelo restante do campeonato, o vice campeonato brasileiro em 2014, a libertadores de 2016 e o vice campeonato paulista de 2019, foram gostinhos amargos que não foram fáceis de superar. Quero agradecer a todos que confiaram e torceram por mim durante esse período, saio de cabeça erguida e extremamente honrado por todo esse tempo, foram quase 200 jogos que eu jamais esquecerei. Que 2020 seja um ano melhor pra todos, que Deus abençoe cada um, jogadores, comissão técnica, todo o staff, as pessoas que fazem o clube funcionar, roupeiros, massagistas, departamento médico, diretoria e principalmente torcedores, vocês são a força, são vocês que motivam, que dão energia, porque é a alegria de vocês que faz tudo fazer sentido no futebol. #gratidão

A post shared by Hudson Santos (@hudindick) on

LEIA MAIS
São Paulo recusa oferta por Antony; veja as últimas do Tricolor no mercado da bola
Paulistão 2020: Veja datas e horários dos jogos do São Paulo na primeira fase
São Paulo veta proposta de empréstimo de clube da Série A por Everton Felipe