Obrigado a vender jogadores pelo fair play financeiro, Porto pode negociar Alex Telles com Juventus

Se negociado, Alex Telles será o terceiro lateral brasileiro na Juventus que já conta com Alex Sandro e Danilo no elenco 

Jeferson Macedo
Colaborador do Torcedores.com.

Foto: FC Porto

O jogador brasileiro Alex Telles pode estar de mudança  para o futebol o italiano. Com o FC Porto obrigado a vender por causa do fair play financeiro da UEFA, a Juventus viu nisso uma oportunidade e quer levar Alex Telles para Turim.

Conheça a 1xBet:

Um novo jeito de fazer sua aposta esportiva!

Segundo a imprensa italiana, a Juventus está preparando uma proposta, cerca de 25 milhões por Alex Telles. O contrato de Telles com o Porto termina no final da próxima temporada. Já a multa rescisória para quem desejar tirá-lo do clube português é de 40 milhões de euros.

Você conhece o canal do Torcedores no Youtube? Clique e se inscreva!
Siga o Torcedores também no Instagram

Lembrando que a Juventus já conta com dois laterais brasileiros em seu plantel, Alex Sandro e Danilo.

Fair play financeiro

Segundo a UEFA, fair play financeiro é: Os clubes que se qualificam para as competições da UEFA têm de provar que não tem dívidas em atraso em relação a outros clubes, jogadores, segurança social e autoridades fiscais. Por outras palavras, têm que provar que pagaram as contas. Fair play foi aprovado em 2010 e entrou em funcionamento efetivo em 2011, o movimento busca mais transparência em gestões, evita atraso de salários e grandes endividamentos por parte dos clubes.

A Juventus volta a campo hoje contra a Roma em jogo válido pela Copa Itália. No Campeonato Italiano, a equipe de Turim lidera com 51 pontos. Já o Porto, entra em campo também na tarde de hoje, a equipe enfrenta o Vitória SC pela semifinal da Taça da Liga.

LEIA MAIS:

Lucas Moura avalia trabalho de Mourinho: “Acho que está sendo muito positivo esse início com ele”

Apresentado no Coritiba, Sassá miniminiza polêmicas na carreira: “Agora tenho três passarinhos para dar água em casa”