Rodrygo fala sobre seleção brasileira e a chance de jogar Copa América e Olimpíada: “O que decidirem, eu sigo”

Caso se classifique para os Jogos Olímpicos de Tóquio, em agosto, a seleção brasileira pode convocar Rodrygo, que tem idade olímpica, mas a presença do jogador dependeria ainda da liberação do Real Madrid

Danielle Barbosa
Colaboradora do Torcedores.com.

Crédito: Divulgação/CBF

Uma das principais revelações do futebol brasileiro nos últimos anos, Rodrygo ainda está vivendo sua primeira temporada na Europa e se adaptando ao futebol espanhol e ao fato de vestir a camisa do Real Madrid, um dos maiores clubes do mundo. Além disso, o ex-santista também começou a ganhar suas primeiras oportunidades na seleção brasileira, quando esteve em campo nos amistosos contra Argentina e Coreia do Sul.

Cartão de crédito sem anuidade? Abra sua conta Meu BMG agora!

Você conhece o canal do Torcedores no YouTube? Clique e se inscreva!
Siga o Torcedores também no Instagram

Em entrevista à ESPN Brasil, Rodrygo falou sobre a emoção de vestir a camisa do Brasil. “Foi a realização de um sonho. Acho que todo menino brasileiro, que sonha em ser jogador, quer vestir a amarelinha. Entrar em campo, tocar na bola com grandes jogadores… A realização de um dos maiores sonhos.”

O atacante comentou a ainda sobre a possibilidade de ser convocado para a disputa da Copa América, entre junho e julho, e depois para a disputa da Olimpíada, em Tóquio, entre julho e agosto, caso a seleção – que disputa o pré-olímpico atualmente – garanta uma vaga nos Jogos.

“Deixo para seleção e para o Real Madrid resolverem. O que decidirem, eu sigo. Se for para jogar a Olimpíada, vou com muito prazer representar meu país”, avisou Rodrygo.

LEIA MAIS:
Marcelo completa 500 jogos no Real Madrid, empilha títulos e idolatria, mas tem futuro incerto no clube