Walce sofre lesão ligamentar no joelho e é cortado do pré-Olímpico

Zagueiro do São Paulo deixou Granja-Comary chorando após se lesionar em jogo-treino

Cido Vieira
Jornalista em formação, e apaixonado por futebol desde criança. No Torcedores.com, trabalho como setorista do Botafogo e futebol nordestino

Crédito: Divulgação - Twitter

Após sofrer uma lesão no jogo-treino preparatório da Seleção Brasileira Sub-23 no último domingo (12), diante do Boavista, o zagueiro Walce teve o seu corte oficializado pela CBF. De acordo com a entidade, exames no jogador diagnosticaram uma ruptura no ligamento cruzado anterior do joelho esquerdo. O defensor do São Paulo acabou se lesionando sozinho ainda na primeira etapa de jogo, e precisou sair de maca.

Você conhece o canal do Torcedores no YouTube? Clique e se inscreva! Siga o Torcedores também no Instagram

Em um primeiro momento, a CBF ainda não anunciou o substituto do zagueiro. A baixa do atleta ocorre a menos de uma semana do debute do Brasil no torneio Pré-Olímpico que ocorre na Colômbia. O primeiro compromisso dos comandados de Jardine está agendado para o dia 19, frente ao Peru.

Na próxima quarta-feira (15), a delegação canarinho já embarca para o país vizinho. Antes porém, a equipe fará um novo jogo-treino nesta terça, desta vez contra a Portuguesa-RJ.

Ao que tudo indica, Walce deve ficar parado entre seis e oito meses, fato este que também o deixa fora dos Jogos Olímpicos, caso o Brasil cumpra o seu favoritismo e carimbe seu passaporte. A entidade informou que o jogador passará por um procedimento cirúrgico. Contudo, não revelou o prazo de retorno do zagueiro aos gramados.

Walce tem contrato com o São Paulo até o fim de 2022 e vinha sendo cobiçado pelo Red Bull Bragantino nesta temporada. O defensor iniciou sua trajetória no profissional na temporada passada, onde atuou em cinco partidas com a camisa do Tricolor.

Walce, de 20 anos, tem contrato com o São Paulo até o fim de 2022 e é desejo do RB Bragantino para a temporada. O time Bragança Paulista fez proposta de 6 milhões de euros (cerca de R$ 27,1 milhões) por 80% dos direitos econômicos do jogador. Ele fez sua estreia como profissional em 2019 e realizou cinco partidas com a camisa da equipe principal do Tricolor.

LEIA MAIS: