Adama Traoré relembra problemas enquanto jogador do Barcelona e ‘aceita’ jogar no Real Madrid

Elogiado por Klopp e Guardiola, Adama Traoré vem sendo especulado em alguns clubes

Jeferson Macedo
Colaborador do Torcedores.com.

Foto: Getty Images


Adama Traoré é uma das estrelas do Wolverhampton, e um dos destaques da atual edição da Premier League, mas não se sabe por quanto tempo. Em entrevista ao jornal Sport da Catalunha o jogador  recordou as origens no bairro de Hospitalet, em Barcelona. Segundo ele, era um bairro complicado.

Você conhece o canal do Torcedores no YouTube? Clique e se inscreva!
Siga o Torcedores também no Instagram

Traoré estreou pelo Barcelona com 17 anos, porém saiu em 2015, com 19 anos, para o Aston Villa, e dois anos depois foi para o Wolves.  Apesar de ter uma ligação do o Barça, o jogador disse ao jornal que que não teria problemas em jogar pelo Real Madrid. 

“Tive alguns problemas com o Barça que prefiro guardar para mim, mas não saí da melhor maneira. Tive que tomar uma decisão. Se o Barcelona que era o clube que amava, não me dava uma oportunidade, tinha que sair. E não teria problemas em ir para o Real Madrid. O Barcelona é a minha casa, mas a minha mentalidade é a de ser o melhor possível todos os dias e o que tiver de acontecer, acontecerá”, disse.

O jogador também falou sobre seu físico, e as dificuldades que teve com lesões: “Desde pequeno que sempre fui muito rápido, mas sofri bastante com pubalgia, tendinites. Tive de trabalhar os músculos para que o corpo pudesse aguentar a minha forma de jogar explosiva, comecei a fazer trabalho específico – não levantar pesos no ginásio, como toda a gente pensa. Mas sim, às vezes têm de me mandar parar.”, disse Traoré.