Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Ao vencer Australian Open, Djokovic lembra Kobe e incêndios na Austrália

Djokovic venceu o austríaco Dominic Thiem por 3 a 2 e levou o primeiro Grand Slam da temporada

Carlos Lemes Jr
Colaborador do Torcedores.com.Jornalista formado, desde 2012, e no Torcedores, desde 2015. Matérias exclusivas pelo site publicadas nos portais IG, MSN e UOL.

Crédito: Divulgação/Australian Open

Nem a exaustiva final do Australian Open, realizada na manhã brasileira desse domingo, 2 de fevereiro, fizeram o discurso do octacampeão, Novak Djokovic ser menos emotivo.

Você conhece o canal do Torcedores no YouTube? Clique e se inscreva!
Siga o Torcedores também no Instagram

“Estão acontecendo coisas devastadoras para começar 2020. Com enormes incêndios na Austrália e conflitos em muitas partes do mundo. Muitas pessoas morrem a cada dia”, discursou  o tenista na Rod Laver Arena.

Djokovic venceu o austríaco Dominic Thiem por 3 sets a 2 (parciais de 6/4, 4/6, 2/6, 6/3 e 6/4) em uma maratona de exatas quatro horas de partida. Ainda em seu discurso, o sérvio lembrou do falecimento de Kobe Bryant e de sua filha, Gianna, ocorridos no último domingo, 26 de janeiro.

“Uma só pessoa morta não é igual. Mas, ele (Kobe Bryant) era muito próximo. Kobe era muito especial e um mentor para mim”, continuou em seu discurso.

“Estejam com suas famílias. Permaneçam perto das pessoas que te querem e te cuidam bem. Claro que, no esporte profissional, competimos e tentamos dar nosso melhor, mas há outras coisas mais importantes na vida”, encerrou um emocionado Djokovic.

Com o título na Austrália, seu 17º Grand Slam na carreira, “Djoko” voltará a ser número 1 do ranking da ATP. A lista do ranking atualizado sai nessa segunda-feira, 3 de fevereiro.

LEIA MAIS

Djokovic conquista o 8º título do Australian Open; veja ranking dos maiores vencedores