Com julgamento este mês, Carneiro treina em sindicato no Uruguai durante suspensão por doping

Atacante foi suspenso em abril de 2019, por uso de cocaína

Ítalo Bruno
Colaborador do Torcedores

Crédito: RIO DE JANEIRO, BRAZIL - SEPTEMBER 30: Gonzalo Carneiro of Sao Paulo reacts during the match between Botafogo and Sao Paulo as part of Brasileirao Series A 2018 at Engenhao Stadium on September 30, 2018 in Rio de Janeiro, Brazil. (Photo by Alexandre Loureiro/Getty Images)

O atacante Gonzalo Carneiro passou por um período difícil na carreira no ano passado. Pego no doping por uso de cocaína, o atacante que possui contrato com o São Paulo até março de 2021. Com julgamento agendado para esse mês, o uruguaio iniciou em Montividéu treinamentos com um grupo técnico da Mutual Uruguaia de Futebolistas Profissionais, um sindicato que auxilia a classe.

Você conhece o canal do Torcedores no YouTube? Clique e se inscreva! Siga o Torcedores também no Instagram

Carneiro recebe na associação, apoio de preparadores físicos, fisioterapeutas e treinadores. Além de atletas afastados de seus clubes, caso do atacante de 24 anos, o local também recebe jogadores desempregados.

Em entrevista à Folha de São Paulo, um ex-jogador brasileiro e que atuou no futebol uruguaio, fala sobre a recuperação de Carneiro.  Luciano “Cafu” Barbosa, é um dos profissionais que tem ajudado o jogador.

“No começo, a gente não perguntava nada, não era o momento. Ele (Carneiro) é uma pessoa muito calada, muito fechada. Quando você conversa, ele se abre… não muito também, mas conversa. Outro dia conversamos sobre o futebol brasileiro. Esperamos que ele possa voltar (a jogar), porque tem talento”, disse o brasileiro.

Ressalta-se que a legislação não permite que Carneiro use as dependências do São Paulo para treinar ou manter a forma física.

Os advogados do jogador tentam a redução da pena imposta, inicialmente por dois anos. Carneiro irá novamente a julgamento este mês.

Carneiro chegou a ser internado numa clínica de reabilitação nos últimos meses, por conta de uma depressão.

O atacante atuou pela última vez pelo São Paulo no ano passado, mais precisamente na final do Campeonato Paulista, diante do Corinthians. O jogador esteve em campo por 45 minutos na primeira partida da decisão.

Leia mais

Em seu retorno à La Bombonera, Maradona não será recebido com festa pelo Boca Juniors

Thiago Maia revela aposta com Bruno Henrique por gol no Fla-Flu