Daniel Alves se manifesta sobre carro roubado: “Vou tratar de defender os meus direitos como cidadão”

Daniel Alves relembrou que já passou por situação parecida na Espanha e na França para mostrar que o problema não é só no Brasil

Danielle Barbosa
Colaborador do Torcedores

Crédito: Reprodução/SporTV

O lateral Daniel Alves se manifestou pela primeira vez sobre seu carro, uma Mercedes Benz GLE400, avaliada em mais de R$ 500 mil, que foi roubada no início da semana em um estacionamento na zona oeste da capital paulista. Através de um vídeo divulgado no Instagram o camisa 10 do São Paulo deixou claro que não tem apego as coisas materiais.
Cartão de crédito sem anuidade? Abra sua conta Meu BMG agora!

Você conhece o canal do Torcedores no YouTube? Clique e se inscreva!
Siga o Torcedores também no Instagram

“Vou tratar de defender os meus direitos como cidadão, mas eu não me apego a isso, não me apego a coisas materiais, coisas que quando eu não estiver aqui não vão caber mais onde eu estiver”, disse o jogador, que ainda lembrou que já teve o carro roubado na Espanha, onde atuou por Sevilla e Barcelona, e na França, quando atuava pelo PSG.

“Isso é sinal de que o problema social é generalizado, em diversos países também acontece esse tipo de coisa”, avaliou. “Eu sempre tento passar minha alegria, minha positividade, minha esperança de que as coisas vão melhorar, de que as coisas estão ao alcance daqueles que não desistem nunca. Esse é o legado que eu quero deixar”,completou.

Ver essa foto no Instagram

Que nenhuma situação te tire o prazer de fazer alguma diferença na vida das pessoas!! #GoodCrazyLegado!

Uma publicação compartilhada por Dani Alves (@danialves) em

LEIA MAIS:
Com julgamento este mês, Carneiro treina em sindicato no Uruguai durante suspensão por doping